Leopardos-da-neve morrem de covid-19 em zoológico nos Estados Unidos

Em Lincoln, Nebraska (EUA), três leopardos-da-neve morreram em decorrência de complicações relacionadas à covid-19 no Lincoln Children's Zoo. Ranney, Makalu e Everest testaram positivo para a doença há cerca de 1 mês. 

No comunicado divulgado, o zoológico ressalta que a equipe de saúde realizou todos os esforços possíveis na tentativa de preservar a vida dos animais e também destaca que os felinos eram amados por todos, portanto se trata de uma perda muito dolorosa.

(Fonte: San Diego Zoo Wildlife Alliance/ Associated Press/ Reprodução)(Fonte: San Diego Zoo Wildlife Alliance/ Associated Press/ Reprodução)

No mesmo zoológico onde viviam os três leopardos, dois tigres de Sumatra também foram infectados. Porém, as notícias são positivas, pois aparentemente ambos conseguiram se recuperar por completo da doença.

Os responsáveis pelo lugar também afirmaram à imprensa local que, devido à covid-19, uma série de medidas foram tomadas visando à proteção dos animais, incluindo o uso de máscaras por parte de todos os funcionários. 

Assim, uma investigação foi feita sobre a ocorrência desses casos; no entanto, não foi possível determinar a causa do recente surto de coronavírus entre os felinos. Os três leopardos-da-neve do Lincoln Children's Zoo eram muito populares. Everest, devido à personalidade sociável e as habilidades com acrobacias, não demorou muito para conquistar o favoritismo entre os visitantes do parque. Neste vídeo, é possível ver o animal dando um salto mortal para trás. 

Seres humanos podem passar covid-19 para felinos

Cientistas continuam tentando entender como o novo coronavírus age no organismo de animais. Pelo mundo, há vários zoológicos e parques que perderam animais infectados pela doença.

(Fonte: Reuters File Foto/ Daily Sabah/ Reprodução)(Fonte: Reuters File Foto/ Daily Sabah/ Reprodução)

Segundo o Cornell Feline Health Center, unidade de veterinária da Universidade Cornell (EUA), não há dúvidas de que os seres humanos podem infectar felinos com a covid-19, podendo transmitir para outros. Contudo, os especialistas do centro ressaltam não haver evidências de que eles possam transmitir a doença para os seres humanos.

No mês passado, o Lincoln Children's Zoo informou que os tratadores notaram os sintomas de perda de apetite, fadiga e tosse nos animais. Após testes feitos com amostras de fezes, a infecção pelo novo coronavírus foi confirmada

Ainda em outubro, o parque soltou uma nota para informar que os três leopardos estavam sendo tratados com antibióticos e esteroides. Porém, a nota não detalhava se eles foram vacinados.

Vale destacar que nos Estados Unidos, a Zoetis, sediada em Nova Jersey, desenvolveu uma vacina específica para animais e liberou o imunizante para zoológicos de todo o país. Apesar da triste notícia, o zoológico continua aberto para o público.  

Nos Estados Unidos, diversos zoológicos enfrentam problemas porque seus animais estão apresentando sintomas de covid-19. Agora, em novembro, o Zoológico de Denver informou ter registrado os 2 primeiros casos da patologia em hienas. Já o Zoológico de St. Louis, notificou 8 casos positivos entre seus felinos, incluindo 2 leopardos-da-neve.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.