Onda de calor pode causar temperaturas de 50 °C na América do Sul

Uma onda de calor muito intensa deve afetar a região central da América do Sul durante os próximos dias. Cidades na Argentina, no Uruguai e no Paraguai devem registrar temperaturas recordes na casa dos 50 °C — resultado de uma massa de ar quente e seca. Além disso, o fenômeno deve atingir a Região Sul do Brasil.

Especialmente no Rio Grande do Sul, alguns municípios devem ter os termômetros marcando mais de 40 °C. É possível que outros estados do país também sejam impactados pelo calor. Na Argentina, as autoridades já emitiram um alerta vermelho por conta do calor extremo e das condições "muito perigosas" de saúde.

Chegada do calor intenso

(Fonte: Pexels)(Fonte: Pexels)

Os primeiros sinais de que o forte calor chegaria à América do Sul puderam ser sentidos já na segunda-feira (10), quando algumas cidades começaram a registrar altas na temperatura. Em San Antonio Oeste, na Argentina, o termômetro chegou a marcar 42,8 °C. A província de Mendoza, por sua vez, foi colocada sob alerta vermelho.

Em Buenos Aires, a terça-feira (11) tinha previsão de máxima de 37 °C. Entretanto, essa marca foi superada, e os termômetros da cidade ultrapassaram a casa dos 40 °C por volta das 16h — considerada a maior temperatura na capital argentina desde 1995. Esse é o 4° dia mais quente em 115 anos na cidade, de acordo com os dados do Serviço Meteorológico Nacional (SMN).

Dese modo, a tendência é que a situação se agrave nos próximos dias. Segundo as previsões feitas pelo MetSul, os locais mais quentes da Argentina devem registrar temperaturas entre 45 °C e 47 °C. Enquanto isso, o Uruguai deve ter os termômetros chegando a 41 °C e 43 °C. 

Calor no Rio Grande do Sul

(Fonte: MetSul/Divulgação)(Fonte: MetSul/Divulgação)

Para quem associa o sul do Brasil às temperaturas amenas, o ano de 2022 parece inverter as expectativas. Especialistas indicam que o Rio Grande do Sul deve registrar máximas entre 10 °C e 15 °C acima da média para essa época do ano — principalmente na Região Oeste.

A MetSul indica que cidade Uruguaiana, por exemplo, deve ter máxima de 41 °C e 42 °C nos próximos dias. Até mesmo na Serra Gaúcha, localidade conhecida pelo clima frio, o final de semana pode ter marcas extremas: a expectativa é temperaturas de até 37 °C em Caxias do Sul e perto dos 40 °C nos vales de Farroupilha e Bento Gonçalves. 

Em Porto Alegre, o pior deve chegar no próximo final de semana. Dados indicam que a capital gaúcha deve ter temperaturas acima dos 40 °C e índices de radiação ultravioleta entre 11 e 16. Recentemente, a Defesa Civil emitiu um comunicado pedindo para que a população se mantenha hidratada e evite exercícios entre 10h e 16h. 

Desde que os dados oficiais passaram a ser contabilizados, em 1910, a temperatura mais alta no Rio Grande do Sul foi de 42,6 °C em duas oportunidades: nos verões de 1917, em Alegrete, e de 1943, em Jaguarão.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.