Seja o primeiro a compartilhar

6 mistérios não resolvidos da antiguidade

Se você é do tipo que adora um mistério e não resiste a uma história intrigante da antiguidade, precisa conhecer esses enigmas que continuam sem solução. De misteriosas esferas de pedra até inscrições em uma língua desconhecida, esses achados arqueológicos nos deixam com mais perguntas do que respostas.

1. As esferas de pedra da Costa Rica

Esferas de pedra exibidas no Museu Nacional da Costa Rica. (Fonte: Getty Images)Esferas de pedra exibidas no Museu Nacional da Costa Rica. (Fonte: Getty Images)

No sul da Costa Rica, existem centenas de esferas de pedra perfeitamente esféricas espalhadas em uma área conhecida como Diquis Delta. Essas esferas de pedra datam de cerca de 600 d.C. a 1000 d.C. e variam em tamanho de algumas polegadas a mais de 2 metros de diâmetro. Apesar de muitos anos de estudos, não há uma explicação clara sobre quem as construiu, por que foram construídas e como foram criadas.

2. Os megálitos de Bada Valley

As estátuas de pedra indonésias são um mistério para a arqueologia. (Fonte: Getty Images)As estátuas de pedra indonésias são um mistério para a arqueologia. (Fonte: Getty Images)

Bada Valley, na Ilha de Sulawesi, na Indonésia, é o lar de uma série de megálitos gigantes em formas diversas, incluindo retangulares, cilíndricas, em forma de cogumelo e antropomórficas, algumas pesando até 4 toneladas. Esses megálitos datam de cerca de 2500 a.C. a 1500 a.C., mas pouco se sabe sobre quem os criou e como eles foram erguidos.

3. A espada de Galgano Giudotti

A verdadeira Excalibur é italiana. (Fonte: Getty Images)A verdadeira Excalibur é italiana. (Fonte: Getty Images)

Galgano Giudotti, um cavaleiro italiano do século XII, é conhecido por ter enfiado sua espada em uma rocha em um gesto de desistência da vida militar para se dedicar à vida religiosa. Em 1180, ele foi canonizado como santo e a espada foi transformada em um objeto de culto. Hoje, ela é exibida em uma capela próxima ao local onde a história teria ocorrido, na Toscana. A espada foi examinada por especialistas que confirmaram que ela é autêntica e data do século XII, mas como ela foi cravada na rocha permanece um mistério.

4. A moeda Viking encontrada nos EUA

Teriam os Vikings feito contato com nativos americanos? (Fonte: Getty Images)Teriam os Vikings feito contato com nativos americanos? (Fonte: Getty Images)

Em 1957, uma pequena moeda de prata foi encontrada em um terreno próximo a Madawaska, no Maine, nos EUA. Acredita-se que a moeda tenha sido cunhada pelos Vikings no final do século XI, durante o reinado do rei Olaf III da Noruega. A descoberta da moeda sugere que os Vikings podem ter explorado e estabelecido assentamentos na América do Norte cerca de 500 anos antes da chegada de Cristóvão Colombo.

5. A Newton Stone

A pedra possui escrituras que ainda não foram decifradas. (Fonte: Ancient Origins)A pedra possui escrituras que ainda não foram decifradas. (Fonte: Ancient Origins)

A Newton Stone é uma pedra inscrita que foi descoberta em 1804 em uma fazenda próxima a Aberdeenshire, na Escócia. A pedra é de granito e de um lado há uma serpente e outras formas esculpidas. O outro lado da pedra é ainda mais misterioso, pois tem inscrições em ogham (um antigo sistema de escrita irlandês) e em outra língua que até hoje não foi identificada. 

6. Os círculos de pedra da Jordânia e Síria

Os círculos só podem ser vistos quando são sobrevoados. (Fonte: David D. Boyer)Os círculos só podem ser vistos quando são sobrevoados. (Fonte: David D. Boyer)

Semelhantes às linhas de Nazca, os círculos encontrados na Jordânia e Síria são estruturas antigas compostas por muros de pedra em formato circular, cuja origem e função permanecem desconhecidas. Estima-se que datem de um período entre 4500 e 3000 a.C. e há teorias que os relacionam a locais cerimoniais ou culturais, bem como a atividades agrícolas.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.