Homem de 36 anos troca whey por leite materno da namorada
1.001
Compartilhamentos

Homem de 36 anos troca whey por leite materno da namorada

Último Vídeo

O Mega Curioso sempre está de olho nas tendências mais bizarras do mundo: em 2014, noticiamos que atletas estariam se alimentando de leite materno para melhorarem suas performances no esporte. Agora, vem a público a história de uma mulher, de 36 anos, que largou o emprego para poder dar de mamar ao namorado.

Jennifer Mulford pediu licença de seu trabalho como bartender para poder nutrir o fisiculturista Brad Leeson, que também tem 36 anos. O casal mora em Atlanta, nos Estados Unidos, e pratica juntos a nova tática de suplementação vitamínica. “Quando eu li sobre o vínculo que a amamentação de adultos poderia criar entre duas pessoas, fiquei com inveja”, explica Jennifer.

O único empecilho no processo era que Jennifer não era mãe recentemente e, por isso, não estava em período de lactação – seu filho nasceu há 20 anos! Por isso, para estimular a produção do leite, ela come uma espécie de ração, que faz seu corpo acreditar que ela precisa alimentar uma criança. Assim, seu corpo passou a produzir o líquido precioso para Brad, que o consome a cada duas horas.

Jennifer precisou estimular a lactação através de pílulas

Amamentação de adultos: o que é?

O movimento Adult Breastfeeding Relationship (ABR) promove a amamentação adulta como sendo uma riquíssima fonte de proteínas – tanto que já possui diversos adeptos, na maioria atletas que trocam os suplementos laboratoriais por leite materno. Normalmente, essas pessoas conseguem comprar o produto pela internet, em sites que o oferecem por US$ 2,50 a cada 30 ml!

Jennifer Mulford explica que, quando tomou conhecimento do ABR, ela achou que seria uma ótima ideia, já que seus seios são as zonas erógenas que mais a excitam durante o sexo. Por isso, a prática também seria prazerosa a ela. Só que ela precisava achar alguém a quem alimentar, porque quando soube do ABR ela estava solteira.

Iniciativa partiu de Jennifer, que gosta de ter seus seios estimulados

“Eu publicava informações sobre o ABR em sites de namoro e em diversos fóruns, mas não encontrava ninguém interessado em me mamar”, explica Jennifer. Foi conversando com um antigo namorado, Brad, que a ex-bartender viu a chance de realizar seu sonho. “Quando ele disse que se interessava por seios grandes, notei que era hora de perguntar o que ele achava sobre a amamentação de adultos”, relembra a mulher.

O rapaz adorou a ideia e passou a pesquisar o assunto. “Naquele momento, eu sabia que eu tinha um parceiro para a vida”, suspira a mulher. A ideia de criar um vínculo além da relação fez com que ambos colocassem em prática o experimento, que, até o momento, está dando supercerto para eles.

Alguns atletas trocaram os suplementos por leite materno direto da fonte

***

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.