Seja o primeiro a compartilhar

6 vegetais que são mais saudáveis cozidos do que crus

A culinária é uma forma de arte criada pelo ser humano para agradar o nosso paladar. Logo, é possível imaginar que praticamente tudo vale quando estamos na cozinha. Dentro de uma dieta, os vegetais são parte importante da nossa saúde, servindo como grande fonte de vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes. 

A forma como esses alimentos são preparados, no entanto, influencia muito no impacto que eles têm no nosso corpo. Por exemplo, diversos vegetais são servidos crus em saladas, mas geram muito mais benefícios quando são cozidos. Ficou curioso para saber de quais estamos falando? Veja só essa lista com seis alimentos que são melhores para nós cozidos do que crus!

1. Tomate

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

O tomate é quase que um item de regra em saladas, servido principalmente cru. Porém, esse alimento aumenta seus níveis de licopeno em mais de 50% quando é preparado no fogo. E o que isso significa? O licopeno é um antioxidante altamente associado ao menor risco de desenvolvimento de doenças cardíacas e câncer.

Em contrapartida, cozinhar um tomate também pode fazer com que seu teor de vitamina C caia em 29%. Portanto, comê-lo cru não fará nem um pouco mal a você, mas outros métodos de preparo também possuem seus benefícios.

2. Cogumelos

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Cogumelos em maneira geral, como o champignon ou o shimeji, aparecem em várias receitas diferentes. No Brasil, é muito comum ver pratos de estrogonofe usando esse ingrediente na sua composição. Além disso, esse é um alimento com altos índices de ergotioneína na sua fórmula.

A ergotioneína, no entanto, só é liberada durante o cozimento. Esse antioxidante é responsável pela quebra dos chamados "radicais livres" — moléculas que podem ser tóxicas para o nosso organismo, enfraquecendo o sistema imunológico e antecipando o envelhecimento.

3. Couve

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

A couve é um alimento extremamente saboroso e um dos ingredientes principais de uma belíssima feijoada. Pelo lado negativo, esse vegetal é carregado de enzimas que impedem o corpo de expulsar o iodo da tireoide. 

Porém, quando uma couve é feita no vapor, essas enzimas se quebram e existe uma melhor regulação do metabolismo. Portanto, é preciso ter essas informações em mente na próxima vez que você for para a cozinha.

4. Pimentão

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Assim como os tomates, o pimentão perde uma boa quantidade de vitamina C quando é fervido ou cozido a vapor. Por esse motivo, o ideal é levá-lo para o forno. O calor gerado no processo de assar um pimentão faz com que suas paredes celulares se quebrem, facilitando a absorção de carotenoides pelo corpo.

Essa substância é responsável por dar cor a alguns alimentos e ainda por cima funciona como um antioxidante muito potente, estimulando nosso sistema imunológico e nos deixando mais saudáveis.

5. Espinafre

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

O espinafre é o vegetal responsável por deixar o Popeye mais forte e também pode fazer o mesmo com você — desde que seja preparado da melhor maneira. Essa é uma comida com altas fontes de ferro, magnésio, cálcio e zinco, mas também carrega ácido oxálico e ácido fítico em sua composição — substâncias que atrapalham a absorção dos nutrientes pelo corpo.

Quando o espinafre é aquecido, porém, o cálcio é liberado e fica livre para ser absorvido pelo organismo. Alguns estudos sugerem que o cozimento desse vegetal também ajuda na redução de risco de alguns tipos de câncer, como intestino e mama. 

6. Cenouras

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

As cenouras são ricas em uma substância chamada betacaroteno, que o corpo decide converter em vitamina A. Esse processo é fundamental no apoio ao crescimento ósseo, melhorando sua visão e mantendo o sistema imunológico em boa forma. Quando cozidas, as cenouras acabam aumentando ainda mais a concentração dessa substância. 

Se isso não bastasse, cozinhar uma cenoura com casca triplica seu poder antioxidante geral. A única recomendação é que esse alimento não seja preparado na frigideira, uma vez que isso reduz os níveis de carotenoides em 13%.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.