Para muitos de nós, as conversas online são tão ou mais frequentes do que as que temos pessoalmente com familiares, amigos e até com parceiros amorosos. Acostumados a digitar e a complementar ideias com emojis, acabamos tendo aqueles que usamos com mais frequência, e isso cria uma certa identidade visual – tem aquele amigo que usa coraçõezinhos e o que abusa das piscadinhas, não é mesmo?

Assim como alguns emojis nos divertem, tem sempre aqueles que nos irritam ou que podem parecer provocativos. Nesse caso, o emoticon que mais demonstra sarcasmo é o da piscadinha.

Quem afirma não somos nós aqui da redação do Mega, não, mas sim a conclusão de um novo estudo, divulgado pelo The Quarterly Journal of Experimental Psychology.

Dá-lhe sarcasmo!

Basicamente, os pesquisadores pediram para que 144 pessoas lessem algumas conversas que aconteceram via mensagens do Facebook. O objetivo era que eles identificassem comentários sinceros e sarcásticos. O conteúdo das conversas analisadas mesclava comentários positivos com negativos e usava uma série de emojis bastantes populares.

Um dos diálogos era entre uma moça e um rapaz. Ela, ao perceber que ele tinha engordado um pouco, mandou a seguinte mensagem: “Vejo que a dieta está indo bem”, seguida da boa e velha piscadinha. Por causa do emoticon, a mensagem foi considerada sarcástica e irônica.

Em outra etapa do estudo, 48 voluntários tinham que dizer o que achavam de alguns diálogos curtos, que sempre acabavam com o uso de algum emoji. Dessa vez, eles tinham que dizer o quanto um comentário soava sarcástico e que sentimentos isso despertaria na outra pessoa.

De novo, as piscadelas passavam a ideia de que o comentário era sarcástico, com o poder de fazer com que até mesmo comentários inicialmente positivos se parecessem negativos. E aí, você também acha isso ou acredita que piscadinhas são emoticons inofensivos?