Igreja Internacional da Maconha possui as paredes mais incríveis do mundo
884
Compartilhamentos

Igreja Internacional da Maconha possui as paredes mais incríveis do mundo

Último Vídeo

Nos Estados Unidos, a descriminalização da maconha já acontece há cinco anos: em 2012, os estados do Colorado e de Washington foram os primeiros a liberar o uso recreativo da substância. Desde então, outras regiões também já aderiram a novas legislações sobre a droga, mas são os pioneiros que começam a mostrar que o consumo da erva danada pode criar outros tipos de incentivo, como o turístico.

Em Denver, no Colorado, por exemplo, está a terceira unidade da Igreja Internacional da Maconha, que inaugura do dia 20 de abril – o dia oficial para celebrar a droga. Na década de 70, alunos de uma escola na Califórnia começaram a usar o código “4:20” como forma de marcar um horário para o consumo ilegal da maconha.

Com o tempo, esses números passaram a ser usados pela polícia norte-americana para se referir a usuários e traficantes. Aos poucos, porém, a tradição de se referir à droga como “4:20” se espalhou pelo mundo, por isso o dia 20 de abril foi escolhido para ser o dia oficial da maconha – nos Estados Unidos, eles escrevem a data começando pelo mês e depois o dia, ou seja, 04/20.

igrejaA Igreja Internacional da Maconha foi inaugurada em 20 de abril

Paredes psicodélicas

Voltando à história desta matéria, a nova Igreja Internacional da Maconha foi instalada onde antes ficava a Igreja Apostólica do Monte Calvário – uma construção com 113 anos de idade! Ela é usada por seus seguidores, autointitulados “elevacionistas”, para fumar a erva em paz e encontrar o nirvana – o estado de espírito, não a banda, é claro.

“Nossa salvação é que a jornada espiritual de um indivíduo e a busca de um significado é uma descoberta de si mesmo que pode ser acelerada com uso ritual da cannabis. Os elevacionistas não reivindicam autoridade divina, nem estrutura autoritária; portanto, aqueles de todas as origens religiosas e culturais são bem-vindos para visitar nossa capela e participar de nossas celebrações”, diz uma declaração sobre a tal congregação em seu site oficial.

igrejaParedes coloridos ajudam a "viajar"

O novo proprietário da igreja, Steve Berke, contratou o artista Kenny Scharf para reformar o interior da construção. Scharf tem obras no Museu de Art Americana de Whitney e no Museu de Arte Moderna de Nova York e apostou em cores psicodélicas para as novas instalações da Igreja da Maconha.

O consumo no interior da construção é permitido apenas às sextas-feiras, já que é preciso respeitar as regras de uso da droga em residências ou clubes privados. Atualmente, a igreja-clube conta com quase 2 mil “associados”, sem contar o grande número de curiosos. 

igrejaArtista transformou a igreja centenária em uma obra de arte

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.