Talvez você não esteja sabendo — e inclusive pode soar estranho —, mas, segundo alguns levantamentos, dois terços de todas as praias que existem no mundo estão recuando por falta de areia. Pois é, caro leitor, apesar de ser um material (aparentemente) tão abundante, ele serve de “ingrediente” para a preparação de todo tipo de coisa, como asfalto, argamassa, concreto, reboco, vidro etc., e é largamente explorado por diversas indústrias, da farmacêutica à de construção civil.

Piha BeachJá pensou perder a faixa de areia desse paraíso? (Piha Beach – Backpacker Guide NZ)

Pois na Nova Zelândia, onde as praias estão entre as atrações turísticas mais frequentadas do país, essa questão do recuo das areias é um assunto preocupante. Entretanto, de acordo com Stephanie Mlot, do site Geek.com, existe uma companhia comprometida na reposição do material e, para isso, ela espera contar com a ajuda dos amantes de cerveja neozelandeses.

Parceria

A empresa se chama DB Breweries e construiu uma série de máquinas que pulveriza as garrafas de cerveja vazias — feitas de vidro, obviamente — e as transforma em um substituto das areias do litoral. A ideia da companhia é a de instalar os equipamentos em bares e restaurantes de toda a Nova Zelândia e esperar que a galera que adora a bebida e as praias do país contribua.

Máquina de fazer areiaOlha a engenhoca aí! (Geek.com/DB Breweries)

A máquina é toda estilosa conta com uma abertura no formato de garrafa através da qual os utensílios devem ser introduzidos. Uma vez no interior do dispositivo, um sistema remove as partículas de sílica e os rótulos das garrafas, deixando apenas areia feita unicamente de vidro, e cada unidade processada pelo equipamento resulta na produção de 200 gramas do material — e em cerca de cinco segundos. É rapidinho! E aí, caro leitor, o quer você achou dessa ideia?

Máquina de fazer areiaEla faz "areia" rapidinho! (Geek.com/DB Breweries)