Cúmulo do azar: casal vende tudo, compra barco e naufraga dois dias depois
12
Compartilhamentos

Cúmulo do azar: casal vende tudo, compra barco e naufraga dois dias depois

Último Vídeo

Você é daqueles que já sonhou em vender tudo que tinha para sair pelo mundo sem muito destino? Isso é algo que muita gente almeja, mas é preciso estar preparado para a viagem dos sonhos se tornar um pesadelo. Foi o que aconteceu com o jovem casal Tanner Broadwell e Nikki Walsh, que naufragou dois dias após eles saírem pelo mundo em um barco recém-comprado.

E olha que não dá para culpar a falta de planejamento, já que Tanner e Nikki passaram mais dois anos programando a viagem de suas vidas. Quando o momento certo chegou, ambos abandonaram seus empregos, venderam todas as suas posses, juntaram todas as economias e compraram um veleiro de 49 anos.

Como nenhum deles tinha experiência com navegação, o pai de Tanner resolveu dar uma ajudinha. Ele viajou com o filho e a nora pela Costa do Golfo, indo do Alabama até a Cidade do Panamá. O barco se tornou a casa dos pombinhos, que passaram a juntar seus pertences remanescentes no veículo enquanto se preparavam para a epopeia.

barcoAntes e depois

Depois de tudo pronto, eles retornaram com o pai até Tanner Springs, na Flórida, e esperaram o momento certo de viajar. Na terça-feira passada (6), ambos se lançaram sozinhos ao mar e rumaram até o parque nacional de Anclote Key, também na Flórida. O primeiro dia foi perfeito, mas no dia seguinte as coisas deram muito errado...

O casal nem tinha saído da costa da Flórida quando às 20h45, perto da praia de Clearwater, o veleiro bateu em algo no fundo do mar que eles não conseguiram enxergar. A água começou a entrar rapidamente, Tanner e Nikki chamaram a Guarda Costeira e não tiveram muito tempo de salvar nada – eles foram resgatados com US$ 90 dólares nos bolsos, a roupa do corpo e o cachorrinho no colo.

Agora, para piorar, eles ainda precisam retirar a embarcação seminaufragada, em uma operação que pode custar até US$ 10 mil – obviamente eles não tinham feito nenhum seguro de viagem. Mesmo assim, apesar da desgraça, ambos estão felizes de pelo menos estarem vivos. Segundo o capitão Kenny Keen, o mais provável é que o casal tenha atingido um banco de areia próximo da margem, que se acumulou naquela região do mar por conta de tempestades.

casalTudo o que sobrou

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.