As 10 camisas mais bonitas da Copa 2018
62
Compartilhamentos

As 10 camisas mais bonitas da Copa 2018

Último Vídeo

A Copa do Mundo da Rússia começou – mesmo que muita gente nem esteja dando bola para isso, com perdão do trocadilho. Além do desfile dos maiores craques que entrarão em campo, o maior evento futebolístico do planeta também é palco para outra passarela: a da moda! É isso mesmo, caros torcedores, afinal, os uniformes das seleções muitas vezes podem chamar mais atenção do que os próprios times em si.

Por isso, nós aqui do Mega montamos um ranking com as mais legais camisas que disputarão a taça de Melhor do Mundo nos gramados russos. Confira:

10. Brasil

O uniforme canarinho é um dos mais reconhecidos em todo o mundo, assim, grandes mudanças costumam ser evitadas. Para 2018, a Nike disse ter adotado o mesmo tom de amarelo da Copa do Mundo de 1970, quando fomos tricampeões – seria um presságio? E você sabia que o uniforme amarelo só vingou depois do fiasco da Copa de 1950? Até então, costumávamos jogar com camisas azuis e/ou brancas.

brasil

9. Colômbia

Outra seleção que remete ao passado em sua camisa é a Colômbia, que neste ano fez uma releitura da peita usada na Copa de 1990, que tinha Valderrama na seleção que fez história, considerada uma das melhores do país em todos os tempos. O raio nas laterais faz referência aos lenços usados pelos cafeteros, isto é, os catadores de café, que são o apelido da seleção colombiana.

colombia

8. Islândia

Estreantes na Copa, os islandeses não farão feio, com uma camisa azul com detalhes em branco e vermelho nos ombros – segundo eles, isso é uma referência aos gêiseres de lá. Já o uniforme reserva é na cor branca e o segundo uniforme reserva (algo incomum) é na vermelha, todos com os mesmo detalhes nos ombros.

islandia

7. França

Feita em azul escuro, com mangas um pouco mais claras, a camisa da França chama atenção para detalhes: no colarinho, por exemplo, está escrito o lema do país, “Liberté, Egalité, Fraternité”. Além disso, na parte interna, que nós não vemos, tem a inscrição “Nos Differences Nous Unissent” ou “Nossas Diferenças Nos Unem”, exaltando a diversidade étnica que é uma das marcas dessa seleção. O uniforme reserva é branco, com pequenas manchas em azul e vermelho.

frança

6. Croácia

Impossível não se lembrar da camisa croata em uma lista como essas: ainda que o padrão xadrez possa ser um tanto exagerado, é difícil não ficar encantado com essa camisa. A diferença para 2018 está nos tracejado, que não é mais reto. O uniforme reserva também é xadrez, mas menos chamativo já que é nas cores preta e azul escura.

croácia

5. Espanha

A camisa da Espanha costuma ser uma das favoritas todos os anos e em 2018 ela também homenageia o passado, remetendo à usada pela seleção em 1994, quando chegaram às quartas-de-final – um dos melhores resultados para o time, antes de ele se tornar campeão do mundo em 2010. O efeito quadriculado em diamante, na lateral direita, gerou controvérsias por usar um tom muito claro de azul, que se aproxima do púrpura, que alguns espanhóis interpretaram como uma exaltação à bandeira de 1931 da Segunda República Espanhol, um “desrespeito” à monarquia atual.

espanha

4. Bélgica

O brasão no centro da camisa remete aos uniformes dos anos 1990, que muita gente não gosta, mas que na peita da Bélgica ficou bem bacana, ainda mais com a faixa em padrão argylle, que remete à camisa usada pelo time na EuroCopa de 1984. A Bélgica está com um time forte neste ano, então não seria um pouco loucura homenagear uma seleção que nem sequer passou da fase de grupos naquele torneio continental? Veremos...

bélgica

3. Japão

A seleção japonesa também apostou no retrô, com um uniforme semelhante ao usado nos anos 80 e 90 e que faz referência às armaduras dos samurais, com um tracejado pontilhado bonito de ver. Outro detalhe que chama a atenção é a bandeira do Japão acima do escudo da seleção. O uniforme reserva é clarinho, em tons de cinza que remetem à modernidade vivida pelo país.

japão

2. Alemanha

Atual campeã, a Alemanha busca o pentacampeonato apostando no passado: a camisa de 2018 é uma releitura da de 1990, com um padrão em barras em tons monocromáticos, substituindo as cores da bandeira alemã usadas 28 anos atrás. É importante lembra que em 1990 a Alemanha venceu a Argentina na final, então pode ser que a camisa sirva como um amuleto.

alemanha

1. Nigéria

O uniforme nigeriano é um dos que fez mais sucesso em 2018. É diferente, ousado, criativo e ainda faz alusões a seleções passadas, com padrões que lembram a seleção de 1994 e cores que lembram a de 2002. As mangas seguem o mesmo padrão, mas trocando o verde pelo preto sem criar algo bizarro. Escrevam: essa será uma das camisas mais vendidas durante a Copa, mesmo que a Nigéria não vá muito longe no torneio.

Nigéria

Agora é com você: qual a sua favorita?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.