Parem a humanidade! Lançaram uma cerveja feita com “essência de vagina”
641
Compartilhamentos

Parem a humanidade! Lançaram uma cerveja feita com “essência de vagina”

Último Vídeo

A gente já falou aqui no Mega Curioso sobre uma porção de cervejas produzidas a partir de “ingredientes” estranhos, como meteoritos, cérebro de cabra defumado e pelos de barba. E agora descobrimos mais um lançamento para a lista de bebidas bizarras que existem pelo mundo. Desenvolvido por uma cervejaria polonesa chamada The Order of Yoni — ou Ordem de Yoni, onde a palavra “yoni” significa “vagina” em sânscrito —, o produto é feito com “essência vaginal” de um seleto grupo de modelos. Pelo menos é isso o que dizem os cervejeiros!

Bizarrices

De acordo com Ian Burns, do Daily Mail, a turminha marota da cervejaria explicou que a bebida é produzida a partir do ácido láctico obtido de modelos gatas que costumam posar de lingerie. Gente, só para constar, essa foi a descrição fornecida pelo pessoal da The Order of Yoni, tá?

Cerveja com essência vaginalTá aí o produto (Daily Mail)

E aí, o que acontece é que os mestres cervejeiros coletam o material necessário — francamente, o processo deve ser pra lá de constrangedor... —, empregam técnicas de microbiologia para examinar e isolar a “essência”, e juntam tudo com o restante dos ingredientes para preparar a bebida.

Produção de cervejaAlta tecnologia... (Daily Mail)

Segundo o Daily Mail, a cerveja começou a ser comercializada na Polônia por 25 zloty a garrafa — o que seria equivalente a cerca de R$ 25, mesmo valor pelo qual os poloneses poderiam comprar uma garrafa de vinho — e, para convencer a galera a desembolsar uma graninha e levar a “essência de vagina” para casa, a cervejaria preparou um vídeo promocional bem sugestivo (que você pode assistir através deste link se quiser).

Modelo com cervejaEssa seria uma das "dadoras" da essência vaginal (Daily Mail)

Nele, as modelos gatas apareceriam com as cervejas enquanto rola um papo aranha (tu-dum-tsss) de “liberar fantasias”, “sussurros no ouvido”, “provar seu sabor”, “sentir seu cheiro” e outras bobagens do gênero. Contudo, quem provou a bebida não achou que o produto é lá essas coisas e que não vale a pena o investimento, sem falar que não faltam aqueles preocupados com as condições específicas em que o ácido láctico é obtido e se a coisa toda cumpre com todas as normas de higiene e tal. Enfim, caro leitor, isso aí existe está disponível para compra — e você, provaria?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.