Dia da Marmota — saiba como funciona essa tradição!

Hoje, 2 de fevereiro, é o Dia da Marmota. Se o evento não diz grande coisa para nós, brasileiros, é uma cerimônia tradicionalíssima nos Estados Unidos desde 1886, pois é neste dia que uma marmota na cidade Punxsutawney consegue prever se o inverno irá continuar intenso ou se a primavera chegará mais cedo.

No evento realizado hoje (2) nessa cidade da Pensilvânia e transmitido ao vivo pela internet (em virtude das medidas sanitárias), a marmota Phil “previu” mais seis semanas de inverno no país, que enfrenta hoje uma forte nevasca em toda a sua região nordeste.

Fonte: Alan Freed/Reuters/Reprodução
Fonte: Alan Freed/Reuters/Reprodução

O tutor da marmota, que consegue de certa forma “conversar” com o roedor, A. J. Dereume, pediu que os membros do “círculo de confiança” de Phil o acordassem hoje às 7h25 (horário local) em Gobbler’s Knob, a colina considerada a capital mundial do tempo. Após um entendimento, Dereume deu o veredito: “Eu vejo minha sombra real, seis semanas mais de inverno pela frente”.

Como funciona a previsão da marmota?

Fonte: Barry Reeger/AP/Reprodução
Fonte: Barry Reeger/AP/Reprodução

Embora seja um evento muito conhecido nos Estados Unidos e no Canadá, a tradição de origem alemã se tornou popular em 1993, com o filme Groundhog Day, exibido no Brasil com o nome de Feitiço do Tempo, no qual o ator Bill Murray interpreta um meteorologista presunçoso e arrogante que acaba preso em um looping temporal.

Na cerimônia realizada hoje, um representante do “staff” da marmota brincou com o filme, dizendo que “às vezes parece que estamos todos vivendo o mesmo dia repetidamente. O Dia da Marmota também nos mostra que a monotonia acaba. O ciclo será quebrado”.

A lenda que orienta a tradição do Dia da Marmota afirma que o Phil de hoje é a mesma marmota de 1886. O mito afirma que, se o animal que está hibernando sair da toca e sua sombra aparecer no dia 2 de fevereiro, o inverno irá durar mais seis semanas.

Porém, se nenhuma sombra for vista, é porque a primavera virá mais cedo. A informação era importantíssima em épocas de poucos recursos alimentícios, e depois passou a ser utilizada pelos fazendeiros para a semeadura dos campos. Até hoje, Phil viu sua sombra mais de 100 vezes e só não viu em 18 ocasiões.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.