Seja o primeiro a compartilhar

Único morador de ilha italiana é obrigado a se mudar após 32 anos

Uma entrevista divulgada pela CNN nesta terça-feira (27) emocionou a Itália e viralizou nas mídias sociais: o homem apelidado de Robinson Crusoé, por viver há mais de três décadas sozinho em uma ilha, irá se mudar por determinação do governo local. Mauro Morandi, hoje com 81 anos, terá que deixar a ilha de Budelli, nas margens da Sardenha, seu lar desde 1989.

Fonte: Mauro Morandi/Facebook/ReproduçãoFonte: Mauro Morandi/Facebook/Reprodução

No domingo (25), Morandi já havia anunciado a saída em sua página do Facebook. “Vou partir", escreveu ele, deixando um pedido para que "Budelli seja protegida como fiz por 32 anos". Naturalmente, ele reconheceu estar “realmente chateado” por ter que deixar o paradisíaco atol rosa, ao qual chegou por acaso enquanto tentava viajar da Itália para a Polinésia.

O eremita conta que ficou completamente hipnotizado pelo lugar e, depois de conhecer o zelador de uma residência utilizada na Segunda Guerra Mundial, resolveu fixar residência ali, acabando por substitui-lo. Infelizmente, a função se extinguiu em 2015, quando Budelli passou a ser propriedade do Parque Nacional de La Maddalena.

Perdendo a batalha com as autoridades

Fonte: Mauro Morandi/Facebook/ReproduçãoFonte: Mauro Morandi/Facebook/Reprodução

Tão logo o governo da comuna de La Maddalena passou a ter autonomia sobre Budelli, a partir de 2016, as autoridades municipais começaram a pressionar Morandi para ele deixar o local, com a alegação de que têm planos para transformar sua casa em um observatório ambiental.

Morandi passou a discutir com os governantes, alegando que zela pelo ambiente, limpa o lixo e evita a invasão de vândalos à noite, ou seja, toda o cuidado e vigilância que as autoridades do parque deveriam fazer. Mas os dirigentes alegam que ele fez alterações ilegais na propriedade.

Depois de muita resistência, Morandi finalmente cedeu às pressões e prometeu se mudar para a periferia da cidade mais próxima. “Você ainda verá minhas fotos de outro lugar, a Sardenha é linda", publicou ele no Facebook.

Apesar de ter recebido apoio de muitos simpatizantes da sua causa, que organizaram uma petição para que Morandi permanecesse na ilha, que recebeu mais de 70 mil assinaturas, parece que o velho Robinson Crusoé resolveu assumir que o seu tempo na bela Budelli acabou. “Desisti da luta”, confessa

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.