147
Compartilhamentos

Falsa grávida é presa após inventar nascimento de 10 bebês

A mulher sul-africana que alegou ter dado à luz 10 bebês simultaneamente, supostamente quebrando um recorde mundial, acabou presa por inventar a história, conforme noticiou o The Sun nessa segunda-feira (21). Após a prisão, ela foi levada para a ala psiquiátrica de um hospital.

Fotos da suposta grávida de 10 gêmeos Gosiame Sithole correram o mundo nos últimos dias, após a notícia ser publicada em um site da África do Sul. O Mega Curioso também relatou o caso na última sexta-feira (18), mas assim como inúmeros veículos, fomos enganados pela história da “grávida de Taubaté internacional”.

De acordo com a publicação, a falsa gravidez de Sithole começou a ser desmascarada depois que as imagens do exame de ultrassom dela e as fotos dos bebês nunca foram mostradas. Além disso, o hospital onde o suposto parto teria acontecido não confirmou o nascimento dos bebês.

(Fonte: The Sun/Reprodução)(Fonte: The Sun/Reprodução)

O caso chamou a atenção até das autoridades do país, que não encontraram o registro dos nascimentos em Pretória. Em busca de explicações, o diretor-geral de comunicação do governo da África do Sul Phumla Williams foi atrás da família de Sithole, mas sem sucesso.

Recebendo doações

Dada como desaparecida, a mulher de 37 anos de idade começou a ser procurada pela polícia. Ela foi encontrada na casa de parentes em uma cidade próxima a Johanesburgo, na quinta-feira (17), e levada à delegacia. Na sequência, os policiais a encaminharam a um hospital para avaliação psiquiátrica.

Conforme os advogados de Sithole, a mulher foi levada à ala psiquiátrica do centro médico, onde está detida, de forma ilegal, pois não teria cometido nenhum crime. A defesa agora tenta uma ordem judicial para garantir a sua liberação o mais rápido possível.

(Fonte: The Sun/Reprodução)(Fonte: The Sun/Reprodução)

Enquanto isso, o caso gera uma enorme discussão no país. Alguns meios de comunicação locais afirmam que a história é verdadeira e teria sido desacreditada para acobertar negligência médica. De outro lado, o Departamento Nacional de Saúde da África do Sul alega não haver nenhuma evidência da existência das crianças.

Quanto ao que pode ter motivado a mulher a inventar a gravidez de 10 gêmeos, o jornal britânico informa que Sithole e o ex-parceiro queriam aproveitar a comoção das pessoas para receber doações.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.