Seja o primeiro a compartilhar

PhD: 6 das pessoas mais novas do mundo a conquistar um doutorado

Dentro da escala de uma carreira acadêmica, o doutorado é a titulação mais alta que um pesquisador pode obter. Ele requer que o doutorando fique pelo menos 4 anos dedicado à composição de uma tese que deve ter uma nova contribuição para o seu campo de estudo.

E por mais árduo que seja o processo para obter um doutorado, algumas pessoas bem jovens já conseguiram este feito. Conheça quem são elas.

1. Erik Demaine

(Fonte: MIT)(Fonte: MIT)

Com nacionalidade canadense e americana, Erik Demaine nasceu em 1981. E pasme: ele obteve seu doutorado em Matemática com apenas 20 anos de idade.

Sua história na educação é bem atípica. Ele começou a estudar junto de seus pais, em casa, com 7 anos. Seu pai, que era um escultor, o levou em um cruzeiro pela América do Norte ainda quando ele era criança. Por conta disso, Demaine começou a estudar em casa.

Interessado em computadores, ele foi admitido na Dalhousie University em Halifax, no Canadá, com 12 anos, e concluiu seu doutorado na Universidade de Waterloo antes de completar 21 anos. 

Ainda aos 20 anos, Erik Demaine entrou para o tradicional Massachusetts Institute of Technology (MIT), tornando-se o professor mais jovem desta universidade.

2. Akshay Venkatesh

(Fonte: Stanford News)(Fonte: Stanford News)

Akshay Venkatesh nasceu na Índia em 1981, mas cresceu na Austrália. Logo foi reconhecido como uma criança superdotada, e seus estudos foram se tornando mais avançados.

Aos 13 anos, Venkatesh ingressou na Universidade da Austrália Ocidental, formando-se em Matemática com 16 anos, um a menos do que recomendava o currículo padrão.

Com 20 anos, ele concluiu seu doutorado em Matemática pela Universidade de Princeton. Akshay Venkatesh já esteve em uma lista que considerava quais são as dez pessoas mais inteligentes do mundo. Também já foi vencedor da tradicional Medalha Fields, considerada o maior prêmio da matemática.

3. Juliet Beni Edgcomb

(Fonte: Sorensen Fellowship)(Fonte: Sorensen Fellowship)

A americana Juliet Beni Edgcomb nasceu em 1991. Aos 15 anos, ela estava terminando a faculdade, e aos 19, ela obteve o título de doutora em Psicologia pela Universidade da Califórnia. Atualmente, ela é residente de Psiquiatria na mesma universidade.

4. Sho Timothy Yano

(Fonte: IMDB)(Fonte: IMDB)

Sho Timothy Yano é um americano com descendência de japoneses e coreanos. Ele entrou na Loyola University de Chicago com apenas 9 anos e se formou com 12. Com 18 anos, terminou seu doutorado em Genética Molecular e Biologia Celular pela Universidade de Chicago. 

Inteligentíssimo, Yano tem um QI estimado de 200 pontos, o que o torna um gênio. Entre seus hobbies, estão tocar piano e praticar tae kwon do.

5. Norbert Wiener

(Fonte: Life)(Fonte: Life)

O famoso pesquisador Norbert Wiener, criador da teoria da Cibernética, obteve seu doutorado em Lógica Matemática pela Universidade de Harvard com apenas 17 anos.

Ele adorava solucionar desafios, e deixou contribuições em várias áreas do conhecimento, especialmente para as Ciências da Computação. Sua experiência trouxe contribuições para o governo americano que foram úteis na área de segurança durante a Segunda Guerra Mundial.

6. Balamurali Ambati

(Fonte: PCVI)(Fonte: PCVI)

Balamurali Ambati nasceu na Índia em 1977. Quando criança, sua família imigrou para os Estados Unidos. Filho de uma família com vários prodígios, ele teve toda a oportunidade de desenvolver suas qualidades e competências ao longo da vida. Tanto que, aos 11 anos, ele escreveu um livro sobre a AIDS, ao lado de seu irmão.

Com 13 anos, Ambati terminou a faculdade de Medicina na New York University, tornando-se o médico mais jovem do mundo, conforme registrado no Guinness Book.          

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.