Golpe: milionário britânico vendeu falsos detectores de bomba para o Iraque
122
Compartilhamentos

Golpe: milionário britânico vendeu falsos detectores de bomba para o Iraque

Último Vídeo

Se você pensa que só é possível ganhar milhões de dólares em tecnologia militar com muito investimento em inovação, além de uma ótima experiência na área, está enganado. Ao menos, o golpe aplicado por James McCormick prova que com um pouco de perspicácia é possível enganar até mesmo os governos mais poderosos do mundo – mesmo que, em algum momento, você seja descoberto e precise pagar por isso.

O britânico abusou de sua facilidade para vender produtos, somando-a a dezenas de subornos e um pouco de sorte – que parece ter acabado em 24 de abril, com a condenação de McCormick por um tribunal em Londres.

McCormick vendia seu produto como uma ferramenta de detecção de bombas a governos vítimas de violência interna e atentados a bomba, incluindo o Iraque. O equipamento, conhecido como ADE 651, era também vendido como GT2000 ou Alpha 6 e custava a “bagatela” de US$ 40 mil.

Equipamento para encontrar bolinhas de golfe de US$ 20 vendido como detector de bombas por US$ 40 mil  Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail

O golpe era tão bem formulado que McCormick conseguia vender por altas quantias o suposto equipamento de guerra que não contava sequer com componentes eletrônicos que parecessem com um detector de bombas. O “sistema” do Alpha 6 era baseado em um simples localizador de bolas de golfe, com valor médio de US$ 20.

Mas... Como ele conseguiu?

Bom, a essa altura, você deve estar se perguntando quais os artifícios usados por McCormick para vender nada menos do que US$ 75 milhões de dólares de um produto inútil. A descoberta do golpe começou em 2010, quando a empresa do britânico foi colocada sob investigação no Iraque.

Um relatório do Ministro do Interior iraquiano apontava que “muitas vidas foram perdidas devido à ineficácia absoluta dos detectores”. Com a continuidade das investigações, o governo iraquiano descobriu que 75% do valor dos contratos eram distribuídos em propinas a funcionários do próprio governo. A corrupção também foi a fórmula que McCormick encontrou para vender o equipamento para os governos do México e da Tailândia.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.