Como é possível que uma mulher dê à luz sem saber que estava grávida?
09
Compartilhamentos

Como é possível que uma mulher dê à luz sem saber que estava grávida?

Último Vídeo

Muita gente já se surpreendeu com uma gravidez não planejada, mas você já ouviu falar de alguém que se surpreendeu com um bebê completamente inesperado? Afinal, as gestações costumam durar cerca de nove meses e vêm acompanhadas de vários sintomas bem definidos, sendo o mais óbvio deles o típico e — quase sempre — inconfundível barrigão! Então, como é possível que, nos dias de hoje, uma mulher dê à luz sem saber que estava grávida?

Por incrível que pareça, esse tipo de coisa é muito mais comum do que você imagina, e frequentemente circulam notícias de mulheres que foram ao hospital para tratar de dores nas costas, gases, problemas de estômago e afins e tiveram os sustos de suas vidas ao voltar para casa com um bebezinho no colo. Isso sem falar das que acharam que estavam sofrendo de “piriri” e acabaram parindo sozinhas no banheiro de casa! Porém, como isso é possível?

Não é nenhum “milagre”

De acordo com levantamentos, esse tipo de caso acontece 1 em cada 2,5 mil gestações e, muitas vezes, a afetada não reconhece ou sequer apresenta os sintomas mais comuns de uma gravidez — entre eles a ausência de menstruação, os enjoos, o aumento de peso, o crescimento da barriga e os movimentos do bebê.

Fonte: Shutterstock

Existem várias explicações para essas gestações, e nenhuma delas envolve milagres divinos ou condições de saúde inusitadas nem incrivelmente raras. Na verdade, como você verá a seguir, as respostas para essas gravidezes “misteriosas” podem ser muito simples e frequentemente não tem nada a ver com descuido ou falta de conhecimento. Confira:

1 – A surpreendida tinha ciclos menstruais irregulares

Embora seja normal que as mulheres menstruem em ciclos de 28 dias aproximadamente, também não é nada incomum que esses períodos variem bastante, especialmente em casos de ovários policísticos, estresse extremo ou de problemas alimentares, por exemplo.

Fonte: Shutterstock

Além disso, atletas e mulheres com baixo índice de gordura corporal podem simplesmente deixar de menstruar. Sem falar que, embora seja mais incomum, algumas grávidas apresentam pequenos sangramentos durante a gestação, portanto, nesses casos, a ausência do ciclo ou a presença dele em quantidades mínimas não necessariamente causaria grande alarme.

2 – A surpreendida acreditou no falso negativo

Hoje em dia, existem diversas opções de teste de gravidez nas farmácias, e eles são bastante precisos. No entanto, existe uma pequena chance — menos de 1% — de que o teste apresente um falso negativo, principalmente quando o exame caseiro é realizado bem no comecinho da gravidez.

Fonte: Shutterstock

Isso porque há uma pequena chance de o corpo da mulher ainda não ter tido tempo suficiente de produzir e liberar a quantidade de hormônios necessária para que os testes detectem a gravidez. E, se ela tiver consumido muita água antes de fazer o exame, ainda pode acontecer de a urina estar diluída demais para que ocorra a reação esperada.

3 – A surpreendida estava acima do peso

Fonte: Shutterstock

Mulheres com sobrepeso ou que sofrem de obesidade podem não se dar conta de seu ventre aumentando de tamanho durante a gestação, sem falar que o excesso de gordura abdominal pode servir como uma espécie de isolamento, evitando que ela perceba os movimentos do bebê. Além disso, as gordinhas podem não se surpreender muito com o ganho de peso normal da gravidez, achando que simplesmente engordaram um pouco mais.

4 – O feto da surpreendida é incrivelmente bem-comportado

Normalmente, as grávidas começam a perceber os primeiros movimentos dos fetos quando chegam à 18ª ou 20ª semana de gestação. Mas não pense que as gestantes começam a sentir chutes e reviravoltas logo de cara! No início, inclusive é bastante comum que a movimentação seja confundida com meros gases.

Fonte: Shutterstock

Porém, apesar de a grande maioria das grávidas sentir seus bebês se mexendo em seus ventres conforme eles vão se desenvolvendo, também existem fetos que se movem bem pouco. Além disso, se a placenta estiver posicionada diante da criança, a mãe dificilmente sentirá qualquer movimentação.

5 – A surpreendida acredita que está entrando na menopausa

Fonte: Shutterstock

Quando as mulheres começam a beirar os 50 anos de idade, elas podem passar a apresentar alguns sintomas que sinalizam a chegada da menopausa. Entre eles, estão as alterações no ciclo menstrual, variações de humor e ganho de peso — que, por sinal, são indícios bem parecidos com os de uma gravidez. Assim, pode acontecer de uma mulher madura simplesmente confundir os sintomas.

6 – A surpreendida sofria de problemas estomacais

Fonte: Shutterstock

Nem todo mundo tem “estômago de avestruz”, e basta o consumo de algo mais apimentado, engordurado ou fora da rotina normal para que surjam sintomas como náuseas, vômito e inchaço estomacal. E esses sinais são semelhantes aos que muitas grávidas sentem, principalmente no início da gestação, portanto quem sempre teve o estômago meio delicado pode confundir os sintomas.

***

Você conhece algum caso de mulheres que só descobriram que estavam grávidas quando foram dar à luz? Comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.