Hoje é o Dia Mundial do Veganismo

Hoje é o Dia Mundial do Veganismo

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo


Hoje é comemorado o Dia Mundial do Veganismo, data que foi implantada em 1994 quando a Vegan Society (pioneira da propagação da ideologia) da Inglaterra comemorou 50 anos de criação. Muito mais do que uma dieta, o veganismo é um estilo de vida que respeita os animais e o meio ambiente.

Muito radical para alguns, mas totalmente viável e de bom senso para quem o segue, o veganismo busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração e tratamento cruel dos animais que possam resultar em alimentos, roupas e cosméticos. É uma filosofia que vai além do simples vegetarianismo.

Há alguns segmentos vegetarianos que permitem o consumo de peixes, leite, queijo, iogurte, mel ou ovos. Há outros que retiram (além das carnes, é claro) alguns deles. No veganismo todo e qualquer alimento derivado de animais é abolido da dieta.


Uma pessoa que adota a ideologia vegan preza pela preservação do bem-estar do animal e do fim de seu sofrimento para ser transformado em alimento. O vegano não deseja que a sua vida seja alimentada por crueldades e maus tratos dos bichos, sejam eles bois, vacas, porcos, aves ou mesmo peixes e crustáceos.

A filosofia prega que eles não devem ser criados para suprir as nossas necessidades alimentares ou para outro fim (produção de cosméticos, roupas, acessórios, peles ou cobaias) e sim devem ser seres para convivermos pacificamente.

A discussão sobre o veganismo, e os seus benefícios ao meio ambiente e ao futuro, é extensa e muito mais complexa do que simplesmente parar de comer carne. Envolve a diminuição da poluição atmosférica, a preservação de recursos vegetais e hídricos, e muitas outras questões.

Quem adora carne, pode nem querer conhecer os princípios do veganismo. Porém, o TodaEla está aqui para apresentar um pouquinho dessa ideologia, para você saber mais sobre a dieta vegan e os benefícios que ela pode trazer para a sua saúde.

Alimentos frescos, muita saúde e boa forma


É indiscutível que abolir alimentos de origem animal contribui para a perda de peso e para um organismo mais saudável.

O veganismo permite todos esses benefícios, pois a dieta é baseada em verduras, legumes, frutas, sementes, cereais e frutas secas e oleoginosas. Tudo natural e repleto de vitaminas e substâncias excelentes para o corpo.

Ao abolir o consumo de carne, quem adotou a dieta vegana afirma que ganhou muito mais disposição e saúde, além de perder peso naturalmente.

É importante ressaltar que ser vegana (ou vegetariana) não é sinônimo de passar fome. De forma alguma. A perda de peso acontece pela troca de proteína animal e gorduras saturadas por alimentos de origem vegetal que além de saudáveis, possuem muito menos calorias.

Apenas as gorduras saudáveis de castanhas e de óleos vegetais (como o azeite de oliva ou de linhaça) entram na alimentação vegana. E isso também é de grande ajuda na manutenção do peso, no controle do colesterol e na prevenção de doenças cardiovasculares e alguns tipos de cânceres.

As fibras dos alimentos de origem vegetal também são preciosas para o bom funcionamento do intestino, além de ajudar na saciedade e na absorção de nutrientes. A dieta vegana, aliás, busca o aproveitamento de todas as vitaminas e substâncias benéficas dos alimentos naturais. Ao contrário das carnes, que possuem gorduras saturadas, hormônios e são de digestão lenta.

Além de favorecer o emagrecimento saudável, esse consumo de alimentos naturais da dieta vegana se reflete também numa pele mais bonita e cabelos mais brilhantes.

Cardápio colorido e saboroso

Engana-se quem pensa que o cardápio de um vegano é muito limitado e sem gosto. Existem infinitas receitas que pode ser feitas com os alimentos naturais e são muito saborosas. O uso de ervas e temperos deixa tudo ainda mais gostoso.

Uma das principais substitutas da carne na dieta vegan é a proteína de soja texturizada (PST). Ela é utilizada para enriquecer saladas, pode ser incluída em receitas de cozidos, hambúrgueres, lasanhas e em muitas outras opções.

Preparações com tofu, cogumelos (paris, shitake e shimeji), grão-de-bico, berinjela, abóbora, abobrinha, tomates e uma infinidade de alimentos fazem parte de um cardápio supersaudável e saboroso.

A cozinha vegan é criativa, pois a variedade que a natureza nos oferece em alimentos é muito diversificada. O mercado de sites e livros de culinária especializado nessa área é imenso, mostrando que ser vegan é muito mais simples do que parece.

Confira algumas receitas vegan do site Tudo Gostoso acessando os links abaixo:

Menos peso, mais disposição e bem-estar


A perda de peso que uma dieta vegana proporciona é muito saudável, sem dúvida. Porém, geralmente, existe um ponto que esse tipo de alimentação não supre e quem é adepto pode sofrer de carência de vitamina B12, encontrada principalmente em carnes vermelhas, peixes, ovos e laticínios (leite, queijo, iogurte, etc.).

Por isso, quem desejar partir para a alimentação vegana deve sempre consultar um nutricionista, pois ele pode indicar um suplemento de vitamina B12 para complementar a dieta e evitar anemias.

Assim, é possível manter a dieta vegana sem nenhum tipo de deficiência no organismo. Depois da fase de adaptação, os benefícios são tão evidentes que ultrapassam o desejo pelos alimentos de origem animal.

Atletas, inclusive, tem adotado a dieta vegana que proporciona mais disposição. O mito de que é necessário consumir as proteínas das carnes para construir músculos e ter uma vida esportiva com mais rendimento e desempenho já está caindo por terra. Dois exemplos de atletas veganos são os lutadores americanos de MMA: Mac Danzig e Jake Shields.

A atriz Anne Hathaway é adepta do Veganismo - Fonte: Getty Images

Muitas celebridades nacionais e internacionais também são adeptas da filosofia vegana como Fernanda Lima, Patrycia Travassos, Stella McCartney, Olivia Wilde, Alanis Morissete, Lea Michele e até o ex-presidente dos EUA Bill Clinton.

Quem desejar conhecer mais sobre a filosofia vegana pode acessar os sites abaixo:

Guia Vegano

Sociedade Vegana

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.