Seja o primeiro a compartilhar

Qual a relação da cola bastão com o batom?

A cola bastão é um dos produtos mais utilizados nas salas de aula de colégios no Brasil inteiro, sobretudo no ensino fundamental. Mas você sabe de onde a ideia desse tipo de produto surgiu? Tudo começou em 1969, quando o engenheiro Wolfgang Dierichs, funcionário da Henkel, dona da marca Pritt, inspirou-se no formato dos batons.

Em 1967, Dierichs viu uma mulher aplicando o produto cosmético durante uma de suas viagens e teve a brilhante ideia de aplicar o mesmo formato nas colas produzidas por sua empresa. Desde então, o produto se espalhou pelo mundo e se tornou algo extremamente prático e rápido de se usar.

Anos de pesquisa

(Fonte: Henkel/Divulgação)(Fonte: Henkel/Divulgação)

A cola bastão chegou ao Brasil oficialmente apenas em 1979. Porém, antes disso, houve muito estudo para que o produto pudesse ser desenvolvido. Desde que Dierichs havia pensado na ideia pela primeira vez em 1967, foram necessários dois anos de estudo sobre o sistema de "torcer e subir" e sobre a conveniência dos aplicadores de batom.

Em 1969, então, surge a cola Pritt Bastão, um produto revolucionário que rapidamente tornou-se um grande sucesso mundial. O formato de batom dessas colas facilitou o manuseio principalmente para o público infantil. Não à toa, o produto passou a ser visto em escolas no mundo todo. Tendo em mente que o adesivo em bastão não escorre e não gruda na pele das crianças, tudo ficou mais fácil nas salas de aula.

Além disso, esse tipo de cola foi desenvolvido com uma tampa hermética e um sistema de tubo especial, que mantém a cola fresca por mais tempo. Isso permite o aumento do tempo de vida do produto por vários anos, o que ajudou a poupar recursos e evitar o desperdício em materiais escolares. 

Curiosidades sobre a cola bastão

(Fonte: GettyImages)(Fonte: GettyImages)

Um ponto curioso sobre as colas bastão é que elas carregam muito mais tecnologia em sua fórmula do que uma pessoa poderia imaginar. Por exemplo, o principal ativo das colas bastão Pritt é o amido de batata. A fórmula dessa cola consiste em 97% de ingredientes naturais, o que faz com que a marca se destaque no mercado.

Durante seus anos de estudo, a Henkel também identificou que o éter de amido era uma potencial matéria-prima alternativa para os efeitos de colagens e fixação, uma vez que o amido apresenta boas propriedade adesivas na indústria. "Nesta missão de ser sustentável e também garantir a segurança no manuseio de crianças, as colas Pritt vendidas no país têm em sua formulação o amido de batata, que traz um alto poder de fixação e maior durabilidade, positivo também para o meio ambiente", destacou a gerente de marketing da Pritt, Beatriz Negrão, em entrevista ao Mega Curioso. 

Também é importante ressaltar que a composição também inclui grandes quantidades de açúcar e água, o que torna o produto mais seguro para o uso infantil em trabalhos escolares ou tarefas domésticas. Logo, mesmo que você tenha uma criança levada por perto e que "adora" comer cola, problemas de saúde se tornaram mais raros. Mesmo que a história da cola bastão esteja diretamente relacionada com produtos cosméticos como os batons, vale ressaltar que não é por isso que esse tipo de produto também pode ser colocado na boca, ok?

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.