Próxima Parada: Austrália – um selvagem e fascinante país cheio de belezas
188
Compartilhamentos

Próxima Parada: Austrália – um selvagem e fascinante país cheio de belezas

Último Vídeo

Como você já deve saber, todas as sextas-feiras aqui no Mega Curioso nós escolhemos um país e falamos sobre ele, as suas principais características e suas curiosidades – esse é o nosso quadro fixo chamado Próxima Parada.

Hoje, escolhemos a Austrália, esse grande país da Oceania que é famoso por possuir uma vida selvagem extremamente exótica, cidades bonitas, desenvolvidas e muitas praias de águas límpidas. Então, se prepare para embarcar conosco pelas paisagens desse belo lugar, pelo menos virtualmente. E lembre-se: tudo, simplesmente tudo, pode acontecer em terras australianas.

Parque Nacional Marinho Os Doze Apóstolos

Um rápido apanhado histórico

Os australianos frequentemente chamam o seu país simplesmente de “Aussie”, um carinhoso apelido – a língua oficial é o inglês. Etimologicamente falando, a palavra Austrália possui origem no termo “austral”, que se refere ao sul do mundo. Devido às suas grandes proporções, frequentemente a Austrália é chamada de ilha-continente.

Antes da colonização europeia, que se iniciou no século 18, centenas de tribos aborígenes habitavam todo o território. Esses são chamados de índios locais e são descentes dos africanos, quando eles migraram há milhares de anos para territórios da Ásia. Atualmente, existem aproximadamente 40 mil mestiços – eles sofreram um grande decréscimo populacional com o início da invasão europeia em 1770.

A fundação da Austrália

O território australiano foi reivindicado pelos britânicos em 1770, sendo que o local inicialmente foi colonizado para o transporte de presos que eram exilados do Reino Unido. Contudo, nos anos seguintes, a população aumentou de forma constante e os cinco territórios autogovernados foram estabelecidos. Hoje, o país possui mais de 23 milhões de habitantes, sendo que aproximadamente 60% deles estão localizados nas regiões costeiras do país.

As cidades mais importantes são Sydney, Melbourne e Brisbane, que também são respectivamente as maiores do país. Ao contrário do que muitos pensam, a capital não é Sydney, porém a cidade de Camberra. Hoje, a Austrália é um país multicultural, rico, desenvolvido e tecnologicamente avançado. Ela possui ótimos índices em aspectos como saúde, educação, IDH, segurança, economia, além de outros campos. Veja abaixo um vídeo time-lapse da cidade de Gold Coast, um popular destino do país:

Temperaturas simplesmente insanas

A Austrália é o continente mais seco do mundo, com áreas muito planas e solos pouco férteis. Grande parte do país é formado por desertos, principalmente na região central, locais onde as temperaturas batem facilmente os 45 ºC. E estamos falando de regiões desérticas, sem a água ou a umidade que vem do oceano para amenizar o tempo – então, a sensação térmica pode ser muito maior.

Em 2013, uma forte onda de calor ocorreu e certas cidades tiveram temperaturas beirando os 50 ºC. Para se ter noção, no verão mais de 70% do continente registra médias mais altas do que 40 ºC. Apesar das altíssimas temperaturas registradas no verão, você pode ficar surpreso ao saber que neva em alguns locais da Austrália durante o inverno. Nas montanhas da região de Victoria, é possível praticar o esqui e snowboard entre os meses de junho e setembro, se o inverno for rigoroso.

Os mistérios do Monte Uluru

O Monte Uluru (ou Ayers Rock) é um dos típicos destinos dos aventureiros que vão à Austrália. Esse é o segundo maior monólito (estrutura geológica constituída por uma única pedra ou rocha) do mundo, atrás somente do Monte Augustos, também localizado na Austrália. Ele possui 318 metros de altura e oito quilômetros de circunferência, além de se estender por 2,5 quilômetros abaixo do solo. Trata-se de um local sagrado para os aborígenes e que possui inúmeras cavernas e pinturas históricas.

Os aborígenes dizem para os turistas não subirem o monte, algo não aconselhado por motivos religiosos. No entanto, diversas pessoas já escalaram o local – inclusive, muitos morreram devido às paradas cardíacas. A administração do parque australiano diz que recebe quase todos os dias encomendas de turistas que devolvem partes do Monte Uluru, como pedras que pegaram de lembrança quando chegaram ao local. O motivo? Dizem que levar qualquer pedaço do monte, por menor que seja, trará má sorte para sempre.

As belezas da Grande Barreira de Corais

A Grande Barreira de Corais se estende por quase 3 mil quilômetros ao nordeste da Austrália, abrangendo 1.900 recifes, 60 ilhas e 100 atois de corais. Inclusive, ela pode ser vista do espaço e é a maior estrutura do mundo, composta unicamente por organismos vivos. Milhões de seres vivos raros habitam esse local repleto de biodiversidade, porém estão ameaçados de extinção devido às mudanças climáticas, já que a Grande Barreira de Corais é muito sensível ao aquecimento das temperaturas das águas.  

A intensa vida selvagem do país

Apesar de o país ser predominantemente desértico, existem muitos tipos de habitats na Austrália. E, como você deve saber, esse é um dos ecossistemas mais bizarros, agressivos e impressionantes do mundo – principalmente devido à isolação da ilha-continente. Ou seja, muito do que vemos na Austrália só pode ser encontrado por lá. Nós já falamos um pouco dessas bizarrices selvagens no Mega Curioso, como você pode conferir aqui.

A Austrália possui o maior número de répteis no mundo (mais de 755 espécies), sendo que o crocodilo australiano é um dos mais conhecidos e temidos. Além dos crocodilos, outro animal símbolo do país é o canguru, assim como outros marsupiais, como o coala. O ornitorrinco também é bastante famoso, especialmente por ser um dos poucos mamíferos do mundo que põe ovos. A Austrália também é o lar de muitos animais perigosos, como algumas das cobras e das aranhas mais venenosas do planeta – isso sem falar no stonefish, um dos peixes mais fatais do mundo, oriundo do país.

Demais curiosidades sobre a Austrália

  • Entre os atores famosos da Austrália, podemos listar Nicole Kidman, Hugh Jackman, Heath Ledger, Cate Blanchett e Geoffrey Rush;
  • O rugby e o críquete estão entre os esportes mais populares do país;
  • Apesar de muitos acharem que o restaurante Outback é oriundo da Austrália, ele foi criado por americanos – inclusive, os pratos servidos não podem ser classificados como típicos do país;
  • É o sexto maior país do mundo;
  • Grande parte da fauna e da flora do país só pode ser encontrada exclusivamente em seu território;
  • É um dos países com o maior número de imigrantes do mundo. Aproximadamente 25% dos nacionalizados australianos não nasceram no país. Por isso, a diversidade étnica e cultural é muito grande. Estima-se que existam imigrantes de mais de 200 países no território;
  • A Austrália foi o segundo país do mundo a conceder o voto às mulheres, já em 1902;
  • O chamado “Austrália Day” foi criado para celebrar toda a diversidade étnica da sociedade do país, assim como a tolerância às raças diferentes;
  • A carne de canguru é algo bem comum de se encontrar em restaurantes, supermercados e até nos marcadinhos mais simples de bairros;
  • Infelizmente, a Austrália é considerada um dos países com o maior número de obesos do mundo – eles somam quase 20% da população;
  • Apesar de os presos do Reino Unido terem sido enviados para colonizar o país, a Austrália é uma das nações mais pacíficas do mundo. No início da colonização, mais de 150 mil prisioneiros foram enviados à nova nação. Estima-se que 25% dos australianos possuem um antepassado que foi prisioneiro inglês;
  • As pessoas costumam dormir bem cedo, aproximadamente às 21 horas, sendo que todo o comércio (mesmo nas grandes cidades) é encerrado às 17 horas;
  • Os australianos gastam mais dinheiros em apostas (dos mais diversos tipos) do que todas as outras nações do mundo;
  • A Austrália possui o maior índice de pessoas com câncer de pele do mundo. Com o sol intenso rotineiro, muitos australianos não costumam passar protetor solar todos os dias;
  • As pessoas bebem muito na Austrália. Todas as festas, sejam encontros profissionais ou com os amigos, são desculpas para eles encherem o caneco – e bastante.
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.