68
Compartilhamentos

Dietas vegetarianas realmente reduzem o colesterol ruim

Vamos ligar o botãozinho da treta e divulgar essa informação: dietas vegetarianas realmente têm o poder de diminuir o colesterol. Ao menos é isso que garantem os pesquisadores da Universidade Keio, de Fujisawa, no Japão, após a revisão de 50 estudos relacionados a alimentações que não levam origem animal.

Normalmente, quem segue essa dieta consome mais vegetais, frutas e nozes, tendo um índice menor de ingestão de gorduras saturadas. Isso faz com que essa galera tenha uma alimentação mais rica em fibras solúveis, proteínas de soja e esteróis vegetais, que são substâncias que ajudam o colesterol ruim a ficar mais baixo.

O colesterol ruim alto é um dos principais responsáveis por doenças cardíacas e vasculares, além de AVCs. Segundo os estudos japoneses, os vegetarianos tinham em média 29,2 miligramas a menos de colesterol total por decilitro de sangue do que pessoas que consumiam carne.

Vegetarianismo pode ter uma variedade gigante

Com consistência de cera, o colesterol está presente em todas as células do nosso corpo e acaba se acumulando em vasos sanguíneos, podendo provocar entupimentos por vezes fatais. Como muita gente não faz um acompanhamento rigoroso da própria saúde, normalmente acaba descobrindo o alto nível de colesterol quando a situação está bem agravada.

Claro que você não precisa abolir as carnes de sua vida se você realmente sente a necessidade de sua ingestão, mas você pode pensar em maneiras de diminuir esse consumo e também em começar a acompanhar seu corpo mais de perto; afinal, quanto mais cedo situações preocupantes forem descobertas, maior a chance de você se livrar delas sem maiores complicações, concordam? 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.