Antibióticos fazem pelos negros crescerem em língua de mulher
110
Compartilhamentos

Antibióticos fazem pelos negros crescerem em língua de mulher

Último Vídeo

O uso de antibióticos serve para combater infecções causadas por micro-organismos. A penicilina foi o primeiro a surgir no mundo com essa função, no final dos anos 1920. Agora, porém, cada vez mais estamos perto de um apocalipse antibiótico, já que as pessoas andam se automedicando e diminuindo a eficácia desses remédios.

As reações adversas costumam variar de medicamento para medicamento: náuseas, diarreia e reações alérgicas são as mais comuns. Uma mulher de 55 anos, porém, teve o que é conhecido como língua pilosa negra, após ficar internada por conta de um acidente automobilístico. Ela começou a sentir um gosto ruim na boca e, quando os médicos examinaram, notaram que o órgão estava coberto pelo que parecia ser uma espessa camada de pelos negros.

Na verdade, não são exatamente pelos: a língua pilosa negra acontece porque as papilas gustativas crescem de maneira descomunal, ficando até 15 vezes maiores. Além disso, a língua passa a acumular bactérias, detritos e leveduras, que dão a cor escura característica dessa estranha condição.

lingua pilosaLíngua pilosa negra: à esquerda, durante a manifestação da condição; à direita, 4 semanas após a mulher receber alta

No caso da mulher, residente no estado norte-americano do Missouri, a medicação usada para melhorar seus ferimentos incluía meropeném (intravenoso) e minociclina (via oral). A língua pilosa começou a se manifestar após 1 semana. A condição, apesar de esquisita, não é prejudicial e relativamente comum, mas não na forma escurecida – o mais comum é a língua permanecer clara.

Para se livrar do problema, basta insistir em uma higiene bucal intensa, tomar bastante água e evitar chá, café e cigarro. Além disso, enquanto manifestada, a língua pilosa pode causar uma irritação na boca, a sensação de gosto ruim, perda de sensibilidade gustativa e até mesmo cócegas no céu da boca!

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.