Jovem alega ter 10 convulsões por dia e perda de memória

Através de suas redes sociais, a britânica Meg Jackson de 21 anos compartilhou uma mensagem alarmante sobre seu estado de saúde atual, relatando que chega a ter até dez convulsões diárias devido às circunstâncias causadas pelo quadro de desordem neurológica funcional (FND), seguidas por graves perdas de memória.

Diagnosticada com FND há cinco anos, a jovem viu sua vida estancar por conta da impossibilidade de coordenação, reforçada pela insegurança em ver seu corpo convulsionar a qualquer hora. Desde então, Meg mora com a irmã e é acompanhada praticamente 24 horas, e sua ajuda nas atividades mais básicas tornou-se imprescindível na rotina.

"Afetou tudo. Eu praticamente não tenho amigos porque te faz se isolar. Eu fiquei de cama por meses porque minhas pernas podem ficar mal por semanas. Por conta de minha perda de memória, eu esqueço quem as pessoas são. Eu tenho uma namorada e esqueço quem ela é", disse Meg. 

A desordem neurológica funcional, até hoje considerada um mistério para a medicina moderna, afeta parte do sistema de comunicação entre o cérebro e o corpo, resultando em epilepsias constantes e, em casos mais delicados, na perda parcial da capacidade de andar ou falar. Dessa forma, a condição é tratada como estritamente relacionada ao isolamento e aflição, podendo desenvolver problemas psicológicos de alto grau.

O apoio dos fãs no tratamento

Ao viralizar nas redes sociais, Meg Jackson pôde contar com o apoio de inúmeros seguidores que tiveram a oportunidade de conhecer sua história. E o suporte virtual veio na forma de um financiamento coletivo iniciado pela jovem, com o objetivo de arrecadar fundos para custear seu tratamento. Até o momento, a tiktoker conseguiu reunir mais de US$ 1.800 (aproximadamente R$ 10.200), e já vê uma esperança para poder amenizar suas atuais condições.

@meg.jacks

Spat it out in the end?? #fnd #functionalneurologicaldisorder #fnd #neuro #NEAD #seizures #femme

? original sound - ??meg jackson??

"Eu fiquei tão surpresa. Eu não tinha ideia que FND afetava tantas pessoas e ainda temos tão pouco conhecimento sobre ela. Eu recebi muitos comentários incríveis e alguns ruins, mas as coisas boas superam as ruins", concluiu. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.