Como o sono pode auxiliar na ligação entre a memória e as emoções

Um estudo feito na Universidade de Michigan antes da pandemia e publicado na última segunda (22) indica que uma boa noite de sono pode ajudar o cérebro a conectar memórias e emoções. 

O experimento conduzido pela professora Sara Aton mapeou os neurônios de ratos de laboratório enquanto os expunha a uma imagem neutra. Enquanto observavam a imagem, os ratinhos levavam um leve choque nas patas, gerando uma sensação de dor e medo. Após isso, um dos ratos dormiu normalmente, enquanto o outro teve seu sono interrompido, fazendo com que seu cérebro não pudesse processar as informações de forma adequada. 

(Fonte: Pixabay)
(Fonte: Pixabay/Reprodução)

As atividades cerebrais do roedor que conseguiu dormir apontam que, ao ser exposto à imagem no dia seguinte, ele era capaz de associar diretamente a figura apresentada à sensação de medo. O outro rato, no entanto, sofria de um medo generalizado: apesar sentir medo ao ser colocado na mesma situação, ele não conseguia identificar exatamente a causa. 

A descoberta é interessante para os avanços da ciência e nos ajuda a entender como a privação de sono pode afetar a conexão entre memória e emoções. Segundo Aton, o estudo pode ser um caminho para compreendermos o que acontece com pessoas com ansiedade generalizada e transtorno do estresse pós-traumático.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.