154
Compartilhamentos

Cuide da saúde do cérebro para ter uma vida sustentável e mais feliz

O cérebro humano comanda atividades como o controle das ações motoras, a integração dos estímulos sensoriais e as atividades neurológicas como a memória e a fala. E cuidar bem dessa máquina preciosa é o primeiro passo para se ter uma vida sustentável e saudável em, por que não, mais feliz.

Muitas pessoas cultivam alguns hábitos prejudiciais às funções cerebrais que, por sua vez, acabam prejudicando a saúde emocional, mental e orgânica. E com o passar do tempo podem provocar mal-estar psicológico, deterioração do raciocínio e, até mesmo, desenvolver certas demências.

Portanto, vamos cuidar do órgão mais importante do corpo humano!

Ponha a cara no sol

Ficar muito tempo no escuro mesmo durante o dia deixa a pessoa deprimida e impacta negativamente no cérebro. A luz natural ajuda o cérebro a liberar melatonina, um hormônio importante para o sono. Pela manhã, ao recebermos luz intensa, a melatonina é transformada em serotonina, o hormônio do bom humor. O sol ajuda a regular as funções orgânicas.

Filtre as notícias

As notícias afetam nossas emoções, pensamentos e comportamentos, portanto, a exposição excessiva fatos negativos tem potencial para prejudicar seu cérebro, porque estimula o mecanismo lutar ou fugir. O estresse prolongado acaba por comprometer a saúde emocional, mental e orgânica.

Abaixe o som

A música alta prejudica o cérebro especialmente quando se usa fones de ouvido. Mesmo quando praticar ciclismo, caminhadas ou relaxamento fique atento ao volume, porque escutar música muito alta e por um longo período de tempo causa sérios danos à audição e problemas de memória no futuro.

Isolamento social

Estamos numa pandemia e o recomendado é ficar em distanciamento social. Mas todos nós sabemos que socializar é um hábito que faz bem à saúde e afasta o risco de depressão e estresse. Nos tempos atuais, se eventos sociais estão proibidos, busque alternativas para conversar, que tal da sacada de seu prédio e ao ar livre.

Controle o tempo nas telas

As tecnologias digitais invadiram nosso cotidiano e tudo parece que está ao redor delas. O fato é que ficar tempo demais diante de celular, computador, televisão ou tablets prejudicam a saúde psicológica e certas áreas de seu cérebro como, por exemplo, o lobo frontal onde ocorre o processamento e o pensamento de tipos mais complexos e nos permite sentir compaixão e empatia. Vamos ter consciência e moderar a quantidade de tempo gasto diante de uma tela, nosso cérebro agradece.

Fuja do açúcar

Consumir doces ou bebidas açucaradas com frequência pode ser uma das formas de o cérebro responder ao estresse, mas devemos ter cautela com a quantidade de açúcar que ingerimos por dia. O excesso pode levar ao desequilíbrio de nutrientes no corpo e ao desbalanceamento químico no cérebro.

Café da manhã é fundamental

Tomar um café da manhã gosto e saudável é fundamental para repor os nutrientes que foram gastos durante a noite. Pular essa refeição pode levar à má nutrição cerebral.

Vamos nos mexer

A atividade física regular é excelente para a manter o cérebro saudável. O exercício físico ajuda a oxigenar o sistema nervoso e a liberar hormônios necessários ao bem-estar dessa máquina preciosa. Fuja da vida ociosa e sedentária que leva à obesidade. Se mexa, faça caminhadas curtas três vezes por semana, por exemplo. Você vai perceber os benefícios para sua mente e corpo.

Durma o tempo necessário

Dormir e acordar cedo e bem ajuda manter o nível de energia necessário ao dia a dia. Além disso, mantêm a saúde mental e funções de raciocínio e memória, ampliando a capacidade de concentração. Você afugenta a irritação e o mau humor. Evite cafeína, bebidas alcoólicas e telas digitais algumas horas antes de ir dormir.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.