Pesquisador calcula se teoria da conspiração é real ou apenas... Teoria
271
Compartilhamentos

Pesquisador calcula se teoria da conspiração é real ou apenas... Teoria

Último Vídeo

Você deve conhecer diversas teorias da conspiração, não é mesmo? Se você não conhece nenhuma ou deseja expandir o seu repertório, é possível encontrar uma vasta seleção aqui no Mega Curioso através deste link. Mas o fato é que, embora algumas dessas especulações acabem sendo comprovadas, a verdade é que, por mais interessantes que sejam — e por mais realistas que pareçam —, quase sempre as teorias não passam disso, de teorias.

No entanto, de acordo com Taylor Kubota, do portal Live Science, o cientista David Robert Grimes, da Universidade de Oxford, na Inglaterra, decidiu encontrar uma forma de estimar a probabilidade de uma teoria da conspiração ser real. Segundo Taylor, David trabalha com pesquisas em câncer, o que significa que ele frequentemente é alvo de acusações e ameaças por parte dos conspiradores de plantão — que acreditam que a cura para a doença já existe.

Método matemático

Para desenvolver seu método de cálculo, David considerou quatro conspirações populares: a de que o aquecimento global não tem nada a ver com as ações humanas, a de que a NASA forjou as imagens do pouso na Lua de 1969, a de que as vacinas não são seguras e — obviamente — a de que a indústria farmacêutica já tem a cura para o câncer, mas prefere esconder essa informação da população.

David então criou uma equação para definir quanto tempo a verdade demoraria em ser exposta, considerando as pessoas envolvidas nos escândalos, a probabilidade de que ocorresse o vazamento de informações e quanto esforço seria necessário para manter as falcatruas em sigilo.

Aliás, o pesquisador se baseou em três casos que vieram à tona e abalaram a opinião pública: o Estudo da Sífilis de Tuskegee, o programa do Governo dos EUA de espionagem da população e os testes pseudocientíficos realizados pelo FBI que resultaram na condenação — e até execução — de pessoas inocentes por crimes que elas não haviam cometido. Os três escândalos levaram seis, vinte e cinco e seis anos, respectivamente, para serem expostos.

E, a partir daí, David conseguiu calcular a probabilidade de informações vitais que comprovem a veracidade de uma teoria da conspiração vazarem, seja de forma acidental ou proposital. Sabe qual foi o resultado ao qual ele chegou? De que existem apenas 4 chances em 1 milhão de isso acontecer.

Teorias que, provavelmente, são apenas teorias

Voltando às quatro teorias que David considerou para criar a equação — a das vacinas, a da cura do câncer, a da NASA e a do aquecimento global —, sendo conservador com o número de pessoas possivelmente envolvidas nos escândalos, ele concluiu que, se apenas cientistas estivessem por dentro da conspiração, levaria 27 anos para que escândalo sobre o aquecimento global fosse descoberto.

Por outro lado, se os órgãos governamentais também estivessem envolvidos, o período de tempo para que alguém desse com a língua nos dentes cairia para 4 anos. Considerando que apenas os centros de controle e prevenção de doenças e a OMS soubessem a respeito das falcatruas das vacinas, a verdade levaria 35 anos para vir à tona — ou pouco mais de 3 anos se a indústria farmacêutica também estivesse envolvida.

Falando nela e a questão sobre a cura do câncer, considerando que só os principais laboratórios do mundo — Novartis, Pfizer, Roche, Sanofi, Merck & Co., Johnson & Johnson, GlaxoSmithKline e AstraZeneca — estivessem envolvidos, a verdade também seria exposta em pouco mais de três anos.

No caso da NASA, como o escândalo aconteceu há muito tempo, parte dos envolvidos já teria morrido. Contudo, considerando que a agência espacial contava com 411 mil funcionários em 1965, e que apenas 650 tivessem participado da conspiração, ainda assim, a verdade seria revelada em menos de quatro anos.

***

De acordo com Taylor, apesar dos resultados, David acredita fortemente que os conspiradores continuarão defendo suas teorias, mas disse que tem esperança de que os mais racionais usem seus cálculos como base para diferenciar o que é real do que é simples especulação.

Além disso, lançou um alerta sobre o impacto negativo que determinadas teorias da conspiração podem provocar, como é o caso do aquecimento global, que pode resultar em mais problemas no futuro, e das vacinas — já que muita gente começou a evitar a imunização contra uma série de doenças graves por medo de que os medicamentos sejam prejudiciais ou façam parte de programas obscuros do governo e da indústria farmacêutica.

Você conhece alguma teoria da conspiração que, no fim, era verdade? Comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.