5 histórias dolorosas envolvendo acidentes com partes íntimas
291
Compartilhamentos

5 histórias dolorosas envolvendo acidentes com partes íntimas

Último Vídeo

Os acidentes acontecem quando a gente menos espera. E quando envolvem as partes íntimas, eles tendem a ser ainda mais dolorosos. Basta você ver algum vídeo de um homem levando uma panca “lá embaixo”: não tem outro homem no mundo que não se compadeça da mesma dor.

Mas isso é fichinha perto de alguns casos inacreditáveis envolvendo acidentes com os “países baixos” da galera. Confira, abaixo, 5 das histórias mais dolorosas de todos os tempos:

1. O galã que teve o seu “companheiro” queimado

Channing Tatum é um dos maiores galãs do cinema norte-americano hoje em dia. Ex-stripper, Tatum viu sua história servir de inspiração para o filme “Magic Mike”, de 2012. Meses atrás, o ator revelou que durante as filmagens de “A Legião Perdida” (2011) ele sofreu um acidente bastante inusitado.

Como as filmagens foram feitas em regiões muito frias da Escócia, os produtores ferviam água para molhar os atores e mantê-los aquecido. Numa dessas vezes, entretanto, o líquido jogado sobre a calça de Tatum ainda estava pelando, fazendo-o urrar de dor. Ele chegou a se jogar em um rio para amenizar a queimação em suas partes baixas.

2. A mulher que bateu o carro enquanto se depilava

Existem coisas que não se deve fazer quando se está dirigindo: ingerir bebidas alcoólicas, digitar no celular, depilar a virilha etc. Espera... depilar a virilha? Isso mesmo! Nos EUA, uma mulher foi presa depois de causas um acidente enquanto dirigia e preparava a sua “coleguinha” para um encontro sexual.

E o mais bizarro: enquanto ela estava na direção e preparava a “região”, o seu ex-marido estava no banco do carona e assumiu o volante. Para piorar sua situação, ela estava com a carteira vencida e já havia caído em uma blitz no dia anterior. É mole?

3. O homem que esmagou seu pênis na privada

Olha que história absurda (e dolorosa) que vem lá de Nova York: Edward Skwarek estava com sua esposa Sherrie em uma cafeteria da Starbucks quando precisou ir ao banheiro. Depois de fazer suas necessidades, ele procurou o papel higiênico e não encontrou. Na tentativa de olhar ao seu redor e encontrar algo para se limpar, o assento do vaso sanitário escorregou e esmagou seu pênis na porcelana.

Agora, Skwarek está processando a Starbucks e pedindo US$ 1 milhão de indenização. Com o incidente, ele desenvolveu a doença de Peyronie, na qual o pênis cria tecidos fibrosos que o impedem de ficar ereto. O cara nunca mais teve ejaculação desde o trágico acidente, que ocorreu em 1999! A esposa dele também pede uma indenização de US$ 500 mil, já que ela foi “privada dos serviços do seu marido”.

4. A mulher que descobriu câncer de mama jogando beisebol

Karen Cooper estava de férias com a família, na Espanha, quando foi jogar beisebol com seu filho. Sem querer, ele acertou a bola no peito da mãe. No dia seguinte, ela notou que algo estava errado ao passar o protetor solar na área atingida e sentir uma dor muito forte.

Depois de procurar um médico, ela descobriu que estava com um nódulo mamário em estágio avançado – algo potencialmente fatal. Ela passou por cirurgia e várias sessões de quimioterapia até receber a confirmação de que estava curada da doença. Ainda bem que ela descobriu a tempo, não é mesmo?

5. O homem que tentou consertar seu saco escrotal com um grampeador

Um dos casos mais bizarros de todos foi relatado pelo Dr. William A. Morton, na revista Medical Aspects of Human Sexuality. Ele conta que, em 1991, foi chamado para atender uma emergência “masculina”. Ao entrar no consultório, um rapaz abaixou as calças e retirou um punhado de gaze que estava em seu saco escrotal.

O órgão estava muito inchado e com cortes em zigue-zague. Além disso, tinha alguns objetos escuros não identificados no meio das feridas. Querendo saber qual era a história por trás daquele ferimento, o médico ficou surpreso com o relato do rapaz.

O homem contou que sentia prazer ao encostar o seu pênis na correia de uma das máquinas da oficina mecânica em que ele trabalhava. Porém, no dia fatídico, seu saco enroscou na correia e foi dilacerado. Tentando consertar a besteira que havia feito e com vergonha de pedir ajuda, o rapaz apelou para o “óbvio”: ele grampeou a região para tentar conter o sangue.

Durante a cirurgia, o doutor Morton retirou oito grampos enferrujados do local – além de um dos testículos, que não pode ser salvo. Bizarro, hein?

Já imaginar grampear os testículos? Comente no Fórum do Mega Curioso

***

E aí, caros leitores, você cohecem alguma história que mereça estar nesta lista? Já sofre alguma contusão digna de entrar para os anais dos causos engraçados? Compartilhe conosco!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.