Não é sempre que cenas de sexo dão certo nos filmes
348
Compartilhamentos

Não é sempre que cenas de sexo dão certo nos filmes

Último Vídeo

Nada melhor do que um bom filme para descansar depois de um dia longo, né? Bom, talvez nem tanto assim. É verdade que há produções excelentes prontas para assistirmos, mas algumas delas possuem cenas que, talvez, tenham sido um pouco demais para o público — principalmente no que diz respeito a partes que contêm nudez e sexo. Confira alguns filmes que encontraram alguns problemas por causa de cenas que ficaram quentes demais para o público:

A loucura dos anos 90 

Vamos começar este texto já apontando dois culpados: Tom Cruise e Nicole Kidman. Dirigido por Stanley Kubrick, o filme "De Olhos Bem Fechados" possui um roteiro que claramente fala de sexo, mas a produção chegou aos cinemas com diversos cortes — e classificação indicativa alterada também. É claro que a crítica não gostou muito, afinal era um filme de Kubrick! A versão sem cortes foi lançada apenas em 2007. 

sexo

Aliás, já que falamos desse renomado diretor, nada mais justo do que mencionar “Laranja Mecânica”. É verdade que esse clássico não faz parte dos anos 1990 — o filme foi lançado em 1971 —, mas ainda assim precisamos falar dele. Pasme: não, não foi apenas a cena de Alex cantando "Singing in the Rain" que rendeu alguns problemas, mas também a cena acelerada de sexo que mostra o ator Malcolm McDowell dormindo com duas mulheres. Kubrick desfocou algumas partes explícitas, mas o problema é que os produtores de filmes pornô poderiam gostar da ideia e começar a usá-la em seus filmes.

Tempos modernos 

Com a modernidade, é normal que algumas coisas se tornem mais aceitas, né? Só que não. Em "O Lobo de Wall Street", por exemplo, as cenas problemáticas não foram somente as de sexo, mas também o tanto de vezes em que palavrões apareciam ao longo do filme — sério, se formos parar para contar, dá mais de 500 vezes. Para manter a classificação indicativa "R", que indica que o filme tem um pouco de conteúdo adulto, algumas cenas de sexo e nudez tiveram que ser retiradas. Se você ficou curioso para saber quais eram, não temos boas notícias: essas cenas não estão nem estarão em nenhum bônus do diretor ou algo do tipo. 

2

Já em “Irreversível”, de 2002, a polêmica também foi bem intensa. Acontece que o filme tinha uma cena de aproximadamente 10 minutos, que mostrava a personagem da atriz Monica Bellucci sendo estuprada em um beco escuro. Em outro momento bastante violento da produção, um agressor destrói o crânio de um homem com um extintor de incêndio. Aí fica fácil entender o motivo de vários países terem considerado proibir o filme — a Nova Zelândia, por exemplo, chegou a realmente proibi-lo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.