25 curiosidades sobre comédias românticas que amamos até hoje
41
Compartilhamentos

25 curiosidades sobre comédias românticas que amamos até hoje

Último Vídeo

Quem não gosta de se render à graça de uma boa comédia romântica de vez em quando? Leves e divertidos, os filmes água com açúcar não contam boas histórias só na tela. É nos bastidores, por trás das câmeras, que se desenrolam alguns dos fatos mais curiosos e engraçados do cinema. Listamos 25 deles para você testar o seu conhecimento e se divertir enquanto planeja o que rever na próxima sessão pipoca.

1. O título de 10 Coisas que eu Odeio em Você veio de uma anotação de diário

Minha Série

A inspiração foi da roteirista Karen McCullah, que na adolescência teve um namorado meio mala, merecedor de uma listinha especial: “Coisas que eu odeio no Anthony”. Hoje, os dois são amigos, e Anthony dá risada da referência feita pela ex.

2. Originalmente, Uma Linda Mulher não seria uma comédia romântica, mas uma história triste

Minha Série

Na primeira versão do roteiro, J. F. Lawton tinha idealizado a história de duas pessoas emocionalmente devastadas, que passariam uma semana juntas e terminariam sem a menor esperança de um final feliz. E mais: o nome do filme seria 3000.

3. Julia Roberts recusou o papel principal em Enquanto Você Dormia

Minha Série

A atriz já tinha uma carreira sólida e acabou escolhendo não repetir a dose, afinal Enquanto Você Dormia tinha semelhanças com Uma Linda Mulher. Quem entrou no lugar de Julia Roberts foi Sandra Bullock, que se deu bem interpretando o papel.

4. Sintonia de Amor foi outro filme que Julia Roberts preferiu recusar

Minha Série

Dessa vez, porém, ela alegou que não podia assumir o papel. De qualquer forma, em 2014 Roberts declarou ter ficado feliz com os rumos do filme, quando foi substituída por Meg Ryan. “Ela e Tom Hanks foram perfeitos atuando juntos em Sintonia de Amor!”.

5. Marilyn Monroe era a protagonista idealizada por Truman Capote para Bonequinha de Luxo

Minha Série

Só que, por orientação de uma assessora, Monroe não aceitou o papel por medo de que ele influenciasse negativamente sua carreira. A recusa enfureceu os executivos da Paramount Pictures, mas Audrey Hepburn se mostrou uma solução mais que perfeita.

6. A fala mais conhecida de Titanic foi… improvisada

Minha Série

A frase de Jack (Leonardo Di Caprio) na popa do Titanic, “Eu sou o rei do mundo!”, foi espontânea. Apesar de não estar no roteiro, o diretor, James Cameron, gostou tanto da iniciativa que decidiu manter a fala, hoje famosa, na versão final do filme.

7. Cameron Diaz teve medo de arruinar a carreira com uma cena de Quem Vai Ficar com Mary?

Minha Série

A cena é aquela em que Mary tira o “gel de cabelo” da orelha de Ted (Ben Stiller) e aproveita para improvisar um penteado cômico. O medo era de que a piada não fosse bem aceita e gerasse repercussão negativa, afetando a imagem de Diaz. Para solucionar o problema, a equipe gravou versões diferentes – uma com e outra sem o produto e o penteado bizarro – e apresentou as duas para um público selecionado. A versão original foi tão bem aceita que a atriz aceitou que fosse ao ar.

8. Algumas pessoas abandonaram a sala de cinema já na primeira exibição de Quatro Casamentos e um Funeral

Minha Série

Foi em Salt Lake City, uma cidade bastante religiosa dos Estados Unidos, e tudo porque Charles, personagem de Hugh Grant, solta um palavrão já na primeira cena. Detalhe: o ator estava lá como espectador e se assustou com a rejeição ao longa. Que bad!

9. E por falar em Hugh Grant…

Minha Série

A porta azul da casa de Will Thacker, seu personagem em Um Lugar Chamado Notting Hill, era originalmente da casa do roteirista Richard Curtis. Depois que o filme foi lançado, os novos donos do imóvel pintaram a porta de preto, tamanho era o incômodo com as visitas ao local. Depois, ele foi vendido, e a porta voltou a ser azul de novo.

10. Cher se inspirou na família do ex-marido para fazer as cenas de Feitiço da Lua

Minha Série

Com raízes armênias e indígenas, Cher, a diva pop, teve dificuldades para interpretar Loretta Castorini em Feitiço da Lua. A personagem, de origem italiana, demandou um esforço extra da atriz, que só conseguiu entrar no clima com ajuda das lembranças da família italiana do ex, Sonny Bono. “Todo mundo come e fala e grita ao mesmo tempo, mas vive momentos muito bons, também”.

11. Sintonia de Amor fez referência ao “Soup Nazi” 2 anos antes de Seinfeld

Minha Série

O seriado Seinfeld é conhecido por ter lançado a piada sobre o “Soup Nazi”, um iraniano que vendia uma sopa muito famosa em Nova York, mas que era famoso por ser pão-duro. A primeira referência a ele, na verdade, aconteceu em Sintonia de Amor, em uma cena no escritório da personagem de Meg Ryan. Nela, o vendedor, coitado, é descrito como “o cara mais mesquinho da América”. E, sim, ele existe de verdade.

12. Ghost fez de Demi Moore a atriz mais bem paga de Hollywood na época

Minha Série

Ela já era famosa quando o filme foi lançado, mas Ghost fez tanto sucesso que a carreira e o salário da atriz simplesmente explodiram. Prova disso é que, em 1995, ela recebeu 12,5 milhões de dólares por sua atuação em Striptease.

13. Alguns trechos de Simplesmente Amor foram feitos com câmeras escondidas

É o caso das cenas no aeroporto de Heathrow, em Londres, em que passageiros são recebidos por amigos e familiares. As gravações se estenderam por uma semana e, sempre que uma cena bonita era registrada, um membro da equipe de produção corria até as pessoas, explicava que elas haviam sido filmadas e pedia que consentissem o uso em um filme que estava sendo rodado ali. Deu certo!

14. Steve Carell perdeu 13 quilos para gravar O Virgem de 40 Anos

Minha Série

De início, o diretor Judd Apatow não gostou muito da ideia; afinal, para ele, comediantes preocupados demais com a beleza podem perder o foco, mas no fim até que ele aceitou a ideia. “Andy (personagem de Carell) acabou convencendo que era virgem pelo fato de ser tímido e ansioso, e não por conta da aparência”, disse.

15. Cameron Crowe quase arrumou confusão com o lançamento de Friends

Minha Série

A treta tem motivo: Crowe havia sido consultado pela Warner sobre a possibilidade de transformar seu longa, Singles, em uma série de TV sobre “um grupo de seis solteirões de 20 e poucos anos que dividem um apartamento”. Ele recusou a oferta e, quando Friends foi lançada, chegou a acionar seus advogados para saber se a ideia de Singles não havia sido roubada. Resultado: não.

16. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain gerou um boom de meninas com o nome de... Amélie

Minha Série

Apesar de o nome e o filme serem franceses, a Inglaterra e os Estados Unidos registraram uma explosão de registros de batismo com o nome “Amélie” depois do lançamento do filme, em 2001. O crescimento chegou a 1000%. Bela homenagem, aliás.

17. Jack Black não queria fazer parte do elenco de Alta Fidelidade

1

E o pior: John Cusack tinha escrito o papel pensando em Black. Foi o diretor Stephen Frears que salvou o dia e conseguiu convencer o ator, que no fim das contas acabou aceitando interpretar Barry Judd, um vendedor hiperativo e insensível.

18. Gregory Peck percebeu o talento de Audrey Hepburn já em A Princesa e o Plebeu

Minha Série

O ator, que já era consagrado no cinema norte-americano, exigiu que os créditos do filme colocassem o nome de Audrey Hepburn, na época uma atriz pouco conhecida, em pé de igualdade com o dele. “Essa menina vai levar um Oscar logo, logo!”, disse.

19. A épica cena da briga entre Hugh Grant e Colin Firth em O Diário de Bridget Jones foi totalmente improvisada

Sim, ela foi rodada sem coreografia – e talvez justamente por isso tenha chegado a um resultado tão engraçado, com os dois atores trocando socos e tapas da maneira mais desengonçada e divertida possível.

20. As Patricinhas de Beverly Hills é parte de uma trilogia não oficial

Minha Série

Pouca gente sabe, mas, além de As Patricinhas de Beverly Hills, a diretora e roteirista Amy Heckerling rodou dois filmes que têm relação com a história interpretada por Alicia Silverstone em 1995. São eles: Picardias Estudantis, de 1982, e O Otário, de 2000.

21. Entrando Numa Fria inspirou a criação de um produto para treinar gatos a fazerem cocô em vasos sanitários

Sim, acredite. No filme, Jack, personagem de Robert De Niro, tem um gato tão inteligente e bem treinado que faz cocô… no vaso! Depois de assistir ao filme, um casal australiano criou um produto para treinar gatos comuns a fazerem o mesmo.

22. Woody Allen tinha pensado algo muito diferente para Noivo Neurótico, Noiva Nervosa

Minha Série

A ideia não era dar vida a uma comédia romântica, mas sim a uma história mais obscura, envolvendo a vida e a psique dos personagens, que seriam explorados em subenredos românticos, misteriosos e fantásticos dentro do enredo principal.

23. Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças pode deixar de ser ficção

Minha Série

Isso porque, em 2014, pesquisadores conseguiram manipular as memórias de ratos de laboratório – ou ao menos as emoções associadas a elas. Aliás, é exatamente isso que os cientistas buscam: a capacidade de controlar como reagimos a determinados acontecimentos. Segundo eles, apagar lembranças da memória não é a melhor saída. Faz sentido.

24. Até gravar Mens@gem Para Você, Meg Ryan não tinha um computador

Minha Série

Ela revelou a curiosidade durante uma entrevista à Vanity Fair. Segundo a atriz, seu primeiro computador, acredite, foi presente de uma empresa envolvida nas gravações do longa estrelado por ela e Tom Hanks.

25. O fim de Legalmente Loira foi alterado após um teste de audiência

Minha Série

Originalmente, o longa terminava com um beijo entre Elle (Reese Witherspoon) e Emmett (Luke Wilson) na escadaria do tribunal, cortando então para Elle e Vivian (Selma Blair) formando o “Clube de Defesa Legal das Loiras”, mas a audiência não gostou do que viu, e o fim foi alterado para o que conhecemos hoje.

Via Minha Série.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.