5 mensagens subliminares escondidas em pinturas famosas
364
Compartilhamentos

5 mensagens subliminares escondidas em pinturas famosas

Último Vídeo

Se você pensa que apenas os artistas contemporâneos criam obras com significados pra lá de ocultos, você está muito enganado: os 5 pintores abaixo retrataram pequenos easter eggs em alguns de seus quadro mais famosos. E olha que algumas dessas mensagens secretas até hoje permanecem enigmáticas! Confira:

1. “Onda” (1889), de Ivan Konstantinovich Aivazovskii

O russo é um dos principais nomes do Romantismo de seu país e ficou eternizado por conta de suas telas com motivos marítimos. Em “Onda”, de 1889, uma tempestade naufraga um navio enquanto algumas pessoas tentam se salvar se agarrando em troncos. Uma vaca pintada no canto inferior direito dá a entender que a praia está próxima e que as pessoas têm chance de sobreviver – ao menos é essa a descrição do quadro, atualmente em exposição em um museu de São Petersburgo. Existe a chance a de a vaca ter estado no navio como parte da carga, mas a real intenção do pintor talvez permaneça obscura.

quadro

2. Salvador Dalí e sua irmã

Uma das primeiras musas inspiradoras de Dalí foi sua irmã Ana Maria, que pode ser vista nas duas imagens abaixo. O primeiro quadro, “Menina na Janela”, foi feito em 1925, quando Dalí tinha 21 anos. Depois disso, sua relação com Ana Maria foi barranco abaixo, principalmente depois que o pintor assumiu que às vezes cuspia em imagens de sua mãe. Ana Maria lançou um livro sobre o irmão no qual desceu a lenha em Dalí. Por conta disso, em 1954, o surrealista espanhol pintou “Jovem virgem autosodomizada pelos chifres de sua castidade”, um quadro em que ele supostamente “se vinga” de sua irmã.

quadro

3. “Jovem se maquiado” (1889-90), de Georges Seurat

Seurat é um dos precursores do pontilhismo francês e do neoimpressionismo, mas não costumava pintar retratos. Neste famoso quadro, porém, ele abriu um pouco sua vida bastante reservada ao pintar sua amante Madeleine Knobloch. Na época de seu lançamento, o caso ainda era um segredo, por isso acredita-se que o autorretrato original de Seurat, que aparecia na pequena janela mostrada nessa obra, tenha sido substituído por singelo vaso de flores.

quadro

4. “Escola de Atenas” (1509-11), de Rafael

Uma das mais famosas pinturas renascentistas, “Escola de Atenas” é um festival de mensagens subliminares. Ao retratar diversos filósofos gregos, Rafael acabou colocando o rosto de alguns de seus contemporâneos: Heráclito (1) tem o rosto de Michelangelo, Platão (2) o de Leonardo da Vinci e o pintor Apeles (3) tem o rosto do próprio Rafael!

quadro

5. “Moça com Brinco de Pérola” (1665), de Johannes Vermeer

O principal desta clássica pintura holandesa é o brinco de pérola quase no centro do enquadramento. Estudos recentes apontam que, na verdade, pode nem se tratar de uma pérola, já que naturalmente não existe nenhuma desse tamanho, e nem mesmo um brinco, já que não existe um desenho que ligue a tal “pérola” à orelha. Vermeer poderia estar querendo passar alguma mensagem com esses truques? Certamente! Mas até agora os pesquisadores não descobriram qual seria.

quadro

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.