Artista desenvolve obras impressionantes usando garfos e facas

Artista desenvolve obras impressionantes usando garfos e facas

Último Vídeo

Enquanto a maioria das pessoas não consegue escrever de forma legível nem com as melhores canetas do mundo, o artista turco Yazi Yolcusu cria artes impressionantes utilizando apenas talheres.

Com garfos, facas e colheres à mão, Yazi tem a audácia de produzir caligrafias inteligentes, bonitas e que chamam bastante atenção. As artes feitas pelo turco estão ficando famosíssimas e já ganharam as redes sociais.

 Foto: Yazi Yolcusu

Outra coisa interessante é o significado do nome Yazi Yolcusu, que quer dizer “Viajante de Texto” em turco. Realmente, o que dá a entender é que o artista e suas obras são feitas a partir de muita habilidade, não por conta das ferramentas nas quais utiliza. Afinal, quem imaginaria que talheres de metal poderiam compor obras de arte tão magníficas, não é mesmo?

Para começar a produzir, Yazi deixa a tinta em uma colher, enquanto utiliza garfos e facas como ferramenta de escrita. A forma na qual o artista escreve chega a ser hipnotizante, como mostra o vídeo abaixo:

O talentoso artista turco aproveita cada ponta dos garfos para fazer letras rebuscadas e únicas ao mesmo tempo em que usa a ponta da faca como uma espécie de caneta-tinteiro.

Ele poderia muito bem utilizar uma caneta-tinteiro de verdade para dar vida as suas obras, mas não teria tanta graça assim. Seria a mesma coisa que o artista japonês Norico usar outra tinta em vez de chocolate em suas obras.

Yazi Yolcuso se tornou praticamente um ídolo entre os amantes de caligrafia depois que seus vídeos viralizaram no Facebook e no Reddit.

Para mais obras impressionantes feitas com garfos e facas, basta acompanhar os canais oficiais do artista turco na internet: seu site oficial e página do Instagram.

E aí, o que achou das obras feitas com garfos e facas? Já dá para começar a treinar durante a macarronada de domingo!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.