Sarcófago romano de 1.600 anos é encontrado em Londres

Sarcófago romano de 1.600 anos é encontrado em Londres

Último Vídeo

Londres é uma das cidades mais importantes do mundo desde tempos remotos. Não é de surpreender, portanto, que esteja ainda em franco crescimento. Novos empreendimentos imobiliários estão sempre surgindo e este foi o caso do Triology, um complexo de 27 apartamentos que seria construído onde antes havia um antigo fórum de pequenas causas e um galpão dos correios.

Os construtores, no entanto, tiveram que lidar com um pequeno imprevisto: por ser uma área próxima a uma conhecida estrada romana antiga e, portanto, de interesse histórico, durante seis meses a área teve de ficar interditada para trabalhos arqueológicos. Isso porque antes das duas construções antigas que seriam demolidas para o início das construções do Triology, a área foi de enorme importância para o Império Romano.

Sarcófago Romano encontrado no fim do processo

(Fonte: Daily Mail)

Embora os arqueólogos tivessem encontrado pequenos indícios da presença romana ao longo de seis meses de escavação, foi apenas nos momentos finais que a equipe encontrou o sarcófago. O achado foi uma surpresa, já que este é apenas o terceiro sarcófago romano encontrado no local onde foi originalmente enterrado.

Próximo ao esquife foram encontrados um bracelete quebrado e ossos de uma criança. Dentro dele, encontraram ainda uma peça em jaspe com a figura de um sátiro gravada e partes de um brinco de ouro. O corpo foi identificado como pertencendo a uma mulher de cerca de 30 anos. Devido à utilização do sarcófago e ao fato de ele estar acoplado ao que foi um mausoléu, ela era possivelmente uma nobre romana com alguma relação com a criança encontrada próxima a ela.

Infelizmente, saquear túmulos era uma prática bastante comum no século XVI e este sarcófago foi mais um dos alvos dos ladrões. Não havia mais quase nenhum objeto de valor no local, mas o esquife e o corpo foram enviados ao museu britânico para análise.

Exposição macabra

(Fonte: Museum of London Docklands)

As descobertas foram feitas em 2017 e posteriormente tanto o sarcófago quanto os restos mortais encontrados passaram a ser expostos pelo Museu de Londres, no distrito de Docklands.

Embora a exibição já tenha sido encerrada, durante ela era possível aprender sobre as práticas funerárias do povo romano na antiga Londres. Além disso, todo o processo de pesquisa dos arqueólogos foi exibido em um telão próximo ao sarcófago.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.