Pesquisadores encontram capital perdida do Império Khmer no Camboja

Pesquisadores encontram capital perdida do Império Khmer no Camboja

Último Vídeo

Parece coisa dos filmes de Indiana Jones, mas uma equipe de pesquisadores encontrou uma cidade perdida em meio à densa mata do Camboja. Utilizando uma tecnologia à laser, os arqueólogos conseguiram encontrar a antiga cidade de Mahendraparvata, capital do Império Khmer, que havia sido engolida pela selva cambojana.

A cidade

ruinas de templo do império Khmer
Ruínas de um templo do Império Khmer. Fonte: All that's interesting.

No período entre os séculos IX e XV, o Império Khmer era quem governava as terras onde hoje está localizado o Camboja. Sua capital era a cidade de Mahendraparvata, que contava com um sistema de águas e um projeto urbanístico bastante avançados. Por muitos anos depois da queda desse império, a cidade foi considerada perdida por arqueólogos e historiadores. Ela estava escondida em meio à vegetação do local e só foi encontrada recentemente graças ao uso de tecnologias à laser. 

A pesquisa

vista aérea da selva cambojana
Vista aérea de Mahendraparvata. Fonte: Science Alert

Os pesquisadores suspeitavam há muito tempo que a cidade ficava no entorno do monte Phnom Kulen. Então, equipados com lasers capazes de escanear a selva cambojana, eles partiram em busca da cidade.

A tecnologia usada para descobrir as ruínas de Mahendraparvata é chamada de LiDAR e, através dela, os pesquisadores conseguiram criar um mapa das características arqueológicas do local. Isso é feito através da diferença de distância entre o solo e o LiDAR, assim, ele detecta elevações, paredes, ruas e canais e a partir disso gera um mapa 3D. Depois disso, equipes de arqueólogos foram até o local e confirmaram a descoberta. 

mapa criado pelos pesquisadores
Mapa criado pelos pesquisadores utilizando o LIDAR. Fonte: All that's interesting.

A História

A partir da localização da cidade, os arqueólogos envolvidos na pesquisa puderam entender melhor algumas mudanças ocorridas no Império Khmer. Apesar de seu sistema de água avançado, foi encontrado em Mahendraparvata um reservatório inacabado, o que indica que talvez a cidade não tenha durado muito tempo, já que posteriormente a capital foi transferida para Angkor, onde a irrigação para a agricultura funcionava melhor. 

Segundo o estudo, é provável que Mahendraparvata tenha sido um dos primeiros locais com engenharia avançada daquela era. Por isso, pode oferecer insights importantes sobre o planejamento urbano, a engenharia hidráulica e a organização sociopolítica do império. Agora que a cidade foi encontrada, os pesquisadores têm outros mistérios para desvendar dentro das suas ruínas. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.