4 canções infantis com sentidos mais obscuros do que você imagina

4 canções infantis com sentidos mais obscuros do que você imagina

Último Vídeo

Sem sombra de dúvida, todo mundo já escutou uma canção de ninar quando era criança. Muito além do que apenas servir como diversão, as músicas procuram transmitir uma mensagem. Entretanto, as canções infantis possuem um significado muito mais obscuro do que podemos imaginar.

Confira adiante algumas músicas infantis com significado obscuro ou, digamos, politicamente incorreto.

1. O cravo e a rosa: uma das canções infantis mais antigas do Brasil

Fonte:Pixabay

"O cravo brigou com rosa / Debaixo de uma sacada / O cravo saiu ferido / E a rosa despedaçada"

Essa conhecidíssima cantiga infantil brasileira faz uma referência explícita a um caso de violência doméstica. O cravo e a rosa brigam, chegam a se agredir fisicamente, mas não se separam e até se casam.

Contudo, como infelizmente frequentemente a violência doméstica é "naturalizada" e vista como algo "íntimo do casal", isso passa batido na música.

2. Coco — Espanha e América Latina

Pintura "Viene el Coco", de Goya. (Fonte:Wikimedia).

"Adormece criança / Vá dormir agora / Coco está chegando / E ele vai comer você".

Na América Latina e na Espanha há no imaginário popular um monstro chamado Coco, equivalente ao nosso bicho-papão. Se as crianças não forem obedientes, ele as pega e as come.

Essa é uma daquelas canções infantis que servem não somente para assustar as crianças, mas para fazê-las dormir ou obedecer.

3. As três corujas — Itália 

Fonte: Alleo/Reprodução.

"Três corujas em cima da cômoda / Que faziam amor com a filha do doutor".

Está é uma cantiga italiana antiga, usada muitas vezes para ninar as criancinhas. Contudo, ela faz uma menção explícita um ato erótico praticado pela jovem filha de algum provável médico.

4. As consequências da Segunda Guerra Mundial

Alemães sendo expulsos após a Pomerânia ser anexada à Polônia, no fim da guerra. (Fonte:Bundesarchiv, Bild 183-1983-0422-315 / Donath, Otto / CC-BY-SA 3.0, CC BY-SA 3.0)

"Voa, besouro / Papai está na guerra / Mamãe na Pomerânia / A Pomerânia foi queimada".

Esses versinhos surgiram durante a Segunda Guerra Mundial. O besouro tem a ver com uma brincadeira infantil comum em que se prende alguns besouros para depois soltá-los. A Pomerânia é uma região da Alemanha que acabou sendo repartida com a Polônia ao final da guerra.

O que deixa essa música tão pesada e trágica é a clara referência às consequências da guerra, que foi a Pomerânia queimada.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.