Os vikings estiveram na América antes de Cristóvão Colombo?

Os vikings estiveram na América antes de Cristóvão Colombo?

Último Vídeo

Um casal de exploradores noruegueses descobriu, na região de Terra Nova, próxima à costa atlântica do Canadá, registros da presença de vikings no território americano. A missão traçada por Helge Ingstad e sua esposa Anne Stine tinha o propósito de identifcar a migração das tribos bárbaras da Groenlândia para a América do Norte cerca de 500 anos antes de Cristóvão Colombo, fato que definiria, em aspectos gerais, a descoberta da América pelas antigas tribos europeias. 

As constatações sobre a descoberta do continente americano começaram a surgir após a escavação do local onde o casal de aventureiros se estabeleceu, resultando na identificação de um sítio arqueológico em L’Anse aux Meadows, em meados de 1963. A ação dos exploradores partiu após a leitura de antigos textos vikings compilados nas Sagas Nórdicas, uma coletânea de mitos e lendas da região que narravam a expansão bárbara há cerca de 1.000 anos. 

https://hcsblogdotorg.wordpress.com/2016/04/02/ancient-history-were-the-vikings-first-to-discover-north-america-the-evidence-sais-yes/
(Fonte: Reprodução)

As principais histórias da obra relatam a jornada do guerreiro Leif Erikson, que abandonou sua terra para partir em direção ao oeste, a fim de descobrir novos recursos e materiais que poderiam ser benéficos para sua família, que habitava a antiga região da Groenlândia. Quando alcançou o continente, Erikson ficou maravilhado com a riqueza natural do local, banhado de cores, frutos e árvores. Foi à antiga L'Anse aux Meadows que o guerreiro deu o nome de Vinlândia, e encontrá-la era o grande objetivo do casal de exploradores. 

"Durante muito tempo, os especialistas tentaram encontrar a terra da lenda, armados com instruções de navegação, descrições, mas ninguém a encontrou", disse, em entrevista à BBC, Loretta Decker, funcionária da Parks Canada e habitante da aldeia que teve o primeiro contato com o casal Ingstad.

Verdadeiros descobridores da América

Foi somente com o passar dos anos que as explorações na cidade passaram a surtir os primeiros efeitos positivos, quando os exploradores encontraram diversos artefatos e relíquias que comprovaram a presença dos vikings na América. Boa parte dos vestígios, incluía resquícios de forja, revelando que havia ocorrido a prática de serviços de ferreiros, como narram as lendas dos guerreiros bárbaros.

Atualmente, o antigo assentamento viking é considerado patrimônio histórico e foi reconstruído na busca de retratar as habitações e fortificações elevadas há cerca de um milênio. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.