Descobertas imagens de espiões que quebraram os códigos nazistas

Um vídeo histórico, com cenas reais de espiões ingleses da lendária instalação militar de Bletchley Park, foi descoberto e publicado no YouTube na semana passada (03). Como num vídeo familiar, as pessoas sorriem para a câmera, jogam futebol e fazem caretas. 

A pequena filmagem de 11 minutos parece ser uma compilação de imagens capturadas em Whaddon Hall, casa de campo utilizada de 1939 a 1945 pelo pessoal de comunicação ligado ao Serviço Especial de Inteligência britânico, o famoso MI6, conforme informações do hoje Museu de Bletchley Park.

Esse complexo militar, conhecido principalmente após o lançamento do filme O Jogo da Imitação, que fala da vida do herói Alan Turing, fica em Buckinghamshire, condado no sul do Reino Unido, onde funcionou a Government Code and Cypher School, órgãos que conseguiram a proeza de quebrar os códigos alemães durante a Segunda Guerra Mundial.

A maior parte das cenas é em preto-e-branco, mas podem ser vistas outras em cores e alguns peritos em linguagem labial adicionaram legendas ao vídeo, em certos momentos, como o qual um homem pergunta "a que horas vai ser nossa festa?".

Quebradores de códigos

David Kenyon, pesquisador do museu, declarou no site da instituição: "Não existe nenhuma filmagem de um lugar tão intimamente ligado a Bletchley Park. Nós não sabemos quem filmou aquelas cena", revelando que o rolo de filme foi entregue por um doador anônimo no segundo semestre do ano passado.

O pesquisador garante que as imagens nada revelam de comprometedor ou confidencial sobre o trabalho executado pelo pessoal do MI6. Ainda que tivesse caído em mãos erradas, afirmou, não causaria danos. E concluiu: "Para nós, hoje, trata-se de uma descoberta fantástica e um registro importante de um dos aspectos mais secretos e valiosos do trabalho de Bletchley Park".

O trabalho desenvolvido pelos "quebradores de códigos" foi fundamental para a vitória dos Aliados na Segunda Grande Guerra. Por anos seguidos, submarinos alemães caçaram e interceptaram navios americanos e ingleses no Atlântico, o que foi desastroso para muitos comboios com suprimentos necessários.

Após a decodificação de mensagens Lorenz e Enigma que mapeavam os submarinos alemães, os navios aliados mudavam as suas rotas, mantendo o Reino Unido abastecido, e preparando a histórica invasão no Dia D.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.