Hoje é 3 de outubro, dia oficial de Meninas Malvadas!

Não são todos os filmes que envelhecem bem e permanecem reverenciados pelos fãs, mesmo depois de anos. Quem dirá, então, uma comédia adolescente — que pode se tornar muito desatualizada conforme o perfil dos jovens vai mudando.

Mas Meninas Malvadas, comédia escrita por Tina Fey e dirigida por Mark Waters em 2004, ainda tem uma legião de admiradores, que continuam a assistir o filme e compartilhar memes nas redes sociais. Afinal, quem nunca viu um “isso é tão barro!” ou referências a usar rosa nas quartas-feiras por aí?

“Nas quartas, nós usamos rosa!” (Fonte: Paramount Pictures/Reprodução)

Por que Meninas Malvadas se tornou cult?

O filme foi bem em seu lançamento, arrecadando US$ 130 milhões na bilheteria, mas nada muito fora do normal — Vingadores: Ultimato conseguiu quase 3 bilhões, em 2019. O longa ganhou sua fama mesmo porque os fãs não deixaram de assisti-lo, recebendo audiência toda vez que passa na TV, sendo um dos mais assistidos em plataformas de streaming, e virando até um musical na Broadway, em 2018. 

Mas por que isso aconteceu? Vamos listar algumas razões — se você conseguir pensar em outras coisas que não falamos aqui, conte para nós comentários!

Temática atemporal

Meninas Malvadas é um filme adolescente engraçadinho e divertido. Mas, além disso, contém uma crítica inteligente às panelinhas e à busca por popularidade nas escolas — uma história atemporal, com a qual muitos jovens podem se identificar até hoje, mesmo que muita coisa tenha mudado. 

Na história, a ingênua Cady (Lindsay Lohan) chega a um típico colégio norte-americano, depois de anos sendo educada em casa na África. Ela não sabe como tudo funciona nesse mundo, mas é escalada por Janis (Lizzy Caplan) e Damian (Daniel Franzese) para derrubar a menina mais popular da escola, Regina George (Rachel McAdams).

Fonte: Business Insider/Reprodução
(Fonte: Paramount Pictures/Reprodução)

Roteiro bem construído

Apesar da crítica social, o roteiro de Meninas Malvadas não tenta dar nenhuma lição de moral sobre o tema. Pelo contrário: faz piada com as situações e tem personagens bem construídos. Toda a obsessão dos adolescentes por popularidade e os artifícios usados para isso são tratados de forma irônica no filme.

Isso é mérito de Tina Fey, uma das comediantes mais talentosas dos EUA, que tem em seu currículo o clássico Saturday Night Live e séries como 30 Rock.

Fonte: Wikimedia Commons
(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Boas piadas

O filme tem muitas cenas e citações engraçadas, que continuam rendendo memes tantos anos depois: “Para de tentar fazer o barro acontecer”, que Regina dispara para Gretchen na cena da apresentação de Natal, “Ela nem estuda aqui”, dita por Damien quando as meninas começam a desabafar e “Regina George trai Aaron Samuels toda quinta na sala de projeção em cima do auditório” são somente alguns exemplos. 

Fonte: Buzzfeed/Reprodução
(Fonte: Paramount Pictures/Reprodução)

Inclusive, essa tradição de relembrar o filme todo dia 03 de outubro vem de uma dessas citações. Assim que chega ao colégio, Cady se interessa por Aaron Samuels, namorado de Regina. A primeira vez que a protagonista consegue falar com o rapaz é quando ele pergunta “que dia é hoje?” e ela responde: “É 03 de outubro”. Há alguns anos, essa data virou o Mean Girls Day ou Dia de Meninas Malvadas, comemorado pelos fãs nas redes sociais e com reprises do longa. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.