Eddie Chapman: criminoso e agente duplo na 2ª Guerra Mundial

Eddie Chapman foi um criminoso que virou agente duplo na 2ª Guerra Mundial para enganar os nazistas. Ele ofereceu seus serviços para os alemães em troca de sua liberdade e, ao mesmo tempo, virou espião dos britânicos. Com isso, ficou conhecido como “Agent ZigZag” – o Agente Zigue-Zague!

(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)
(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Conheça a história de Eddie Chapman

Chapman foi um criminoso famoso por conseguir abrir praticamente qualquer cofre. Mas, seu passado como fora da lei foi ofuscado pelo fato de que ele virou um dos agentes duplos mais bem-sucedidos da história.

Nascido em 1914, Eddie foi preso em 1939 por diversos crimes. Então, em 1940, enquanto a Alemanha invadia territórios britânicos, ele ofereceu seus serviços para a inteligência nazista e decidiu servir como espião. Pouco tempo depois, ele se submeteu aos ingleses e começou sua trajetória como agente duplo.

Ele fez parte do famoso sistema Double-Cross, conhecido por controlar os espiões duplos e manter sua segurança. Com isso, ele cumpriu a primeira missão dada pelos nazistas com a ajuda britânica: destruir uma fábrica chamada Havilland, conquistando a confiança dos inimigos e chegando até mesmo a fazer parte do círculo mais próximo de Hitler.

(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)
(Fonte: Wikimedia Commons/Reprodução)

Depois de muitas missões e segredos revelados, ele foi libertado de sua vida perigosa em 1944 e voltou a cometer crimes por toda a Grã-Bretanha. Porém, como sabia de muitos segredos da inteligência, as autoridades não o prederam para evitar que “abrisse o bico”. Portanto, ele permaneceu livre por toda a sua vida, apesar de ser um dos criminosos mais famosos da história.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.