09
Compartilhamentos

13 livros ou contos de arrepiar para você curtir nesta sexta-feira 13

Mais uma sexta-feira 13 chegou e quem leva a data mais a sério prefere ficar dentro de casa para não dar sopa para o azar. Se você é um desses e está em busca de curtir uma sexta-feira à noite em casa, nada melhor do que viajar pelas páginas de contos e livros de arrepiar, certo?

Pensando em quem está no clima de sentir calafrios nessa data macabra, pedimos aquela ajuda para a equipe do Mega Curioso e a galera sugeriu suas histórias favoritas de horror ou suspense. E a lista — mais eclética impossível! — traz de clássico da literatura até mangá de terror psicológico. Confere aí:

1. Circo dos horrores, de Darren Shan

Em Circo dos horrores, o jovem Darren Shan — sim, o mesmo nome do autor —é um humano normal que se torna assistente de vampiro e vive uma série de aventuras horripilantes nesse mundo recém-descoberto. Sugestão de Rodrigo de Godoy, coordenador de dados.

2. O iluminado, de Stephen King

a

Mais do que clássico, O Iluminado inspirou um dos mais famosos filmes de suspense e conta a história de Jack Torrance, escritor que luta contra o alcoolismo, e sua família quando vão morar em um hotel histórico. Seu filho, Danny, é a chave para eventos sobrenaturais assustadores que passam a acontecer com a família. Sugestão de Everton Batista, editor, e Leo Rocha, apresentador.

3. Vitorianas macabras, de várias autoras

a

Vitorianas macabras é uma compilação de 13 contos escritos por 13 autoras do sexo feminino na Era Vitoriana, período que mistura o conservadorismo e a repressão com avanços tecnológicos e sociais. Essa antologia, organizada pela doutora em Literatura Comparada Marcia Heloisa, dá voz única a essas autoras. Sugestão de Giovanna Fantinato, redatora editorial.

4. Menina má, de William March

a

Quem nunca se questionou se o mal é uma característica adquirida pelo contexto social ou um elemento que já está dentro de uma pessoa quando ela nasce? Menina Má é um suspense psicológico de 1954 que analisa a psicopatia de uma criança de maneira horripilante. Sugestão de Lorena Estevam, coordenadora de CS.

5. Uzumaki, de Junji Ito

Um clássico do mangá de terror, Uzumaki mexe com as formas físicas e mentais no traço do mestre do horror Junji Ito. Acontecimentos bizarros começam a surgir em uma cidadezinha onde as coisas vão tomando formas espiraladas, até que os humanos também passam a ser afetados. Sugestão de Barbara Medeiros, assistente de SEO.

6. A abadia de Northanger, de Jane Austen

a

A abadia de Northanger é uma sátira aos romances góticos ingleses do século XVIII onde Jane Austen mostra o contraste entre realidade e imaginação, mostrando situações sinistras que podem viver os personagens dessas histórias. Sugestão de Juliana Rosado, revisora.

7. O castelo de Otranto, de Horace Walpole

a

O clássico O castelo de Otranto é um dos pilares da literatura de terror e teria sido influência para H.P. Lovecraft, Bram Stoker e Edgar Allan Poe, três "monstros" nesse quesito. Obcecado por sua linhagem, o herdeiro do principado de Otranto quer arranjar um casamento para seu filho, até que coisas muito estranhas começam a acontecer em seu castelo. Sugestão de Camilla Silva, analista de conteúdo.

8. Chamado de Cthulhu, de H.P. Lovecraft

a

O mais famoso conto do autor H.P. Lovecraft é um ótimo sumário de suas obras: criaturas antiquíssimas, terror psicológico e medos inomináveis giram em torno de um personagem que investiga os artefatos de um tio falecido e descobre um culto a divindades tenebrosas. Sugestão de Rafael Farinaccio, este editor que aqui vos escreve.

9. Medo Imortal, de vários autores

a

Medo imortal é uma coletânea que reúne poesias e contos de escritores brasileiros ligados à Academia Brasileira de Letras. São histórias que evocam o sobrenatural, apresentam monstros, descrevem atos de psicopatas, dão o testemunho de todo tipo imaginável de atrocidades concebidas pela mente humana. Sugestão de Felipe Payão, editor de conteúdo original.

10. As flores do mal, de Charles Baudelaire

a

Esta obra de Charles Baudelaire já foi censurada, proibida, autor e editor foram processados e toda a polêmica gerou hostilidades na imprensa da época. O conjunto de poemas foi julgado imoral para o fim do século XIX. Quer propagandas melhores que essa? Sugestão de Juliana Rosado, revisora.

11. Christine, de Stephen King

a

Você pode pensar, à primeira vista, que um livro que fala de um carro possuído e assassino não pode ser assustador, mas está enganado. Christine é o fino do terror e do suspense e vai fazer você olhar para todos os lados quando estiver andando sozinho em um estacionamento. Sugestão de Isabelli Pivovar, redatora do Mega Curioso.

12. Hemlock Grove, de Brian McGreevy

a

Hemlock Grove traz um mistério que abala uma cidade fictícia quando um assassinato violento pode ter sido causado por um jovem que suspeitam ser um lobisomem. Ele se une ao dono da propriedade onde o corpo foi encontrado para desmascarar o verdadeiro assassino, mas a partir daí tudo fica muito pior. Sugestão de Mateus Leal, assistente de performance em afiliação.

13. O Gato Preto, de Edgar Allan Poe

a

Finalizando com um dos mais clássicos autores de terror da história da literatura, Edgar Allan Poe nos traz O gato preto, um estudo sobre a psicologia da culpa, um conto que mostra a relação aterrorizante entre o narrador e seu gato de estimação. Sugestão de Juliana Rosado e Mateus Leal.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.