Seja o primeiro a compartilhar

NASA seleciona os melhores e os piores filmes de ficção científica

Filmes de ficção científica normalmente lidam com conceitos ficcionais e imaginativos ao mesmo tempo que englobam aspectos da ciência e da tecnologia. Com isso, podemos trazer às grandes telas do cinema versões alternativas do nosso universo que sejam condizentes com o que os pesquisadores já descobriram até hoje.

Em reunião recente feita no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, cientistas da agência espacial norte-americana decidiram escolher quais filmes desse gênero melhor ou pior representam esse conceito. A lista você confere a seguir. Olha só!

Piores filmes

Os piores filmes do gênero ficção científica segundo os cientistas da NASA são:

7) Quem somos nós? (2004)

(Fonte: Roadside Attractions)(Fonte: Roadside Attractions)

Dirigido por William Arntz, o longa-metragem tenta estabelecer uma conexão espiritual entre a física quântica e a consciência. À medida que a protagonista, uma fotógrafa profissional, passa por obstáculos emocionais e existenciais em sua vida, ela passa a considerar a ideia de que a consciência individual e grupal pode influenciar o mundo material. Entendeu? Nem nós!

6) O Sexto Dia (2000)

(Fonte: Phoenix Pictures)(Fonte: Phoenix Pictures)

Estrelado por Arnold Schwarzenegger, o filme conta a história de um homem que foi clonado sem seu conhecimento ou consentimento — algo proibido nessa realidade. Então, o protagonista se envolve em uma jornada para descobrir quem está por trás dessa operação.

5) Reação em Cadeia (1996)

(Fonte: The Zanuck Company)(Fonte: The Zanuck Company)

Preocupado com os níveis de poluição que estão danificando a natureza da Terra — que cada vez mais está dependente do petróleo —, um cientista está pronto para anunciar uma nova tecnologia que permite tirar energia da água e será compartilhada com o mundo. Entretanto, um jovem estudante (Keanu Reeves) descobre que ele foi morto e uma bomba foi escondida no laboratório antes do anúncio oficial, iniciando uma jornada para descobrir quem começou tudo isso.

4) Volcano (1997)

(Fonte: 20th Century Fox)(Fonte: 20th Century Fox)

A obra norte-americana dirigida por Mick Jackson conta a história de uma Los Angeles destruída por um vulcão que apareceu abruptamente na cidade, deixando todos os cidadãos confusos e aterrorizados. Resumidamente, o filme reúne efeitos visuais bregas e conceitos científicos atrapalhados para tentar construir uma narrativa.

3) Armageddon (1998)

(Fonte: Touchstone Pictures)(Fonte: Touchstone Pictures)

Neste longa-metragem, uma equipe de perfuradores é enviada a um asteroide que está no caminho para destruir a Terra. O objetivo é dividir o objeto ao meio e fazê-lo atravessar nosso planeta em segurança. Entretanto, os roteiristas simplesmente ignoraram a Primeira Lei de Newton, que diz que um objeto permanecerá em repouso ou movimento uniforme a menos que receba uma força externa.

2) O Núcleo (2003)

(Fonte: Paramount Pictures)(Fonte: Paramount Pictures)

O enredo do filme fala sobre como o núcleo da Terra parou de girar, enquanto cientistas buscam maneiras de perfurá-lo para que volte a se mexer. Entretanto, a trajetória do longa é tão confusa e fura tantos conceitos de geologia básica que o The New York Times o descreveu como "monumentalmente burro".

1) 2012 (2009)

(Fonte: Columbia Pictures)(Fonte: Columbia Pictures)

Após os neutrinos de erupção solar terem aquecido o núcleo da Terra, toda vida no planeta está prestes a acabar — com destaque para uma cena em que o Cristo Redentor cai do Corcovado. Entretanto, é preciso ressaltar que os neutrinos simplesmente passam direto por qualquer tipo de matéria, incluindo os seres humanos, sem qualquer tipo de efeito grave.

Os melhores

Após essa lista de catastrófica de filmes que fizeram um grande fiasco no cinema, chegou a hora de pontuar os grandes merecedores, segundo os cientistas da NASA. São eles:

7) Jurassic Park (1993)

(Fonte: Universal Studios)(Fonte: Universal Studios)

O primeiro filme da franquia, e dirigido pelo renomado Steven Spielberg, traz de volta os dinossauros para o nosso planeta através de processos de clonagem. O que deveria ser apenas uma nova espécie de "zoológico" para turistas, entretanto, torna-se cenário para verdadeiras cenas aterrorizantes.

Leia também: 6 fatos sobre dinossauros que Jurassic Park te ensinou errado

6) O Monstro do Ártico (1951)

(Fonte: Winchester Pictures)(Fonte: Winchester Pictures)

Se filmes de décadas recentes não souberam desfrutar do gênero ficção científica, esse longa é um dos mais bem-sucedidos a falar sobre vida alienígena chegando na Terra. Essa criatura, no entanto, torna-se uma ameaça para a nossa espécie e passa a atacar humanos para se alimentar de sangue. 

5) A Mulher na Lua (1929)

(Fonte: Universum Film)(Fonte: Universum Film)

Essa criação do diretor e roteirista alemão Fritz Lang fala sobre um foguete que parte para a Lua com o objetivo de encontrar outro. Porém, essa jornada cria uma desavença entre os gananciosos exploradores, que lutam até o extermínio. Ao final, apenas um homem e uma mulher sobram com vida e precisam recomeçar a nossa espécie em um universo desconhecido. 

4) O Dia em Que a Terra Parou (1951)

(Fonte: 20th Century Fox)(Fonte: 20th Century Fox)

Dirigido por Robert Wise, o filme narra a visita de um ser alienígena à Terra, com o apelo de paz entre os povos do planeta. O que muitos não percebem, no entanto, é que o enredo era uma forma disfarçada de um apelo pacifista pelo fim da Guerra Fria, que estava apenas começando.

3) Metrópolis (1927)

(Fonte: Warner Bros. Pictures)(Fonte: Warner Bros. Pictures)

Quase completando 100 anos de existência, esse filme alemão tornou-se a produção mais cara da Europa em sua época. O roteiro fala sobre uma sociedade futurista com um contraste social agravante e com a classe trabalhadora ameaçada de ser substituída por robôs.

2) Contato (1997)

(Fonte: Warner Bros. Pictures)(Fonte: Warner Bros. Pictures)

Baseado em uma obra de Carl Sagan, o filme dirigido por Robert Zemeckis conta a história da pesquisadora Ellie Arroway, que encontrou provas radiológicas conclusivas de que existe vida inteligente fora da Terra. Então, cientistas iniciam um plano para fazer contato com esses outros seres.

1) Gattaca (1997)

(Fonte: Columbia Pictures)(Fonte: Columbia Pictures)

Em um futuro onde os seres humanos são escolhidos geneticamente em laboratórios, ser concebido biologicamente é algo inválido e incapacitante. Por esse motivo, o protagonista Vincent Freeman (Ethan Hawke) precisa trocar de identidade para atingir o seu objetivo de se tornar um astronauta.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.