Seja o primeiro a compartilhar

Saint-Malo: a cidade murada com as marés mais altas da Europa

Já ouviu falar da cidade em que a maré cria ondas tão imensas que elas lavam as paredes das casas litorâneas todos os dias? Por mais estranho que isso possa parecer, tal cidade existe.

Estamos falando de Saint-Malo, na França. Essa estância turística é um dos destinos mais procurados da Europa graças as ondas gigantes que ocorrem por lá, inundando praticamente tudo que está nas proximidades do mar.

Leia também: A caverna que leva ao submundo sagrado dos maias

O poder das marés

Saint-Malo experimenta uma das mais incríveis marés de toda a Europa, especialmente devido a sua amplitude: a diferença entre a maré baixa e a maré alta pode chegar a 14 metros. Isso é mais que o dobro da média do Atlântico.

Ao longo dos séculos, a cidade criou formas interessantes para tentar diminuir os impactos das ondas. Aqui, vale destacar as emblemáticas defesas de quebra-mar que viraram ponto turístico quando a maré está baixa. São mais de 3 mil estacas de madeira, com cerca de 3 metros de altura, e estão na beira da praia desde o final do século XVII.

O fenômeno das ondas gigantes

O intervalo de tempo entre uma onda e outra é chamado de swell. Quanto mais longo ele for, mais forte e maior será a onda. As condições no litoral da cidade podem se tornar críticas e preocupantes rapidamente quando ocorre um swell longo, originado em tempestades distantes combinadas com ventos fortes.

A boa notícia é que é raro que todos esses elementos se combinem em simultâneo. As marés são caracterizadas como ondas muito longas que se movem pelos oceanos. Elas são provocadas pelas forças gravitacionais exercidas pela lua sobre a Terra. 

Quando o ponto mais alto da onda, também conhecido como crista, atinge a costa, a região experimenta uma maré alta. Por outro lado, quando o ponto mais baixo, ou vale, chega a costa, temos uma maré baixa.

Estação das marés

Geralmente, o período em que as marés em Saint-Malo são mais altas acontece nos equinócios, em março e setembro. No entanto, isso não impede que a cidade medieval contemple o espetáculo durante o ano todo.

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

Claro, depois de umas seis horas de ondas se quebrando nas paredes das construções, a calmaria retorna a Saint-Malo após a maré alta. Com a água recuando algumas centenas de metros da costa, os moradores da cidade e turistas podem curtir um bom passeio no cais.

Sem dúvidas, um dos principais atrativos de Saint-Malo são suas marés com ondas gigantes. No entanto, a cidade também é um famoso destino para pessoas que gostam de praticar mergulhos no oceano.

Só é preciso cuidado para aproveitar o mergulho no intervalo certo das marés. Afinal, se de olhar as ondas já dá medo, imagina ficar perdido no meio delas!

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.