Confira 15 dos exoplanetas já encontrados e suas peculiaridades
824
Compartilhamentos

Confira 15 dos exoplanetas já encontrados e suas peculiaridades

Último Vídeo

Baseado em várias descobertas da NASA, o site Space.com criou uma lista com os exoplanetas já encontrados pelos astrônomos e as suas características. Desde o tamanho, distância, clima e densidade, a relação desses planetas que ficam fora do nosso sistema solar mostra um pouquinho de como é cada um.

A cada dia, novos exoplanetas são descobertos e alguns têm até muitas semelhanças com a Terra. Será que teremos notícias de alienígenas em breve? As ilustrações deste artigo são conceitos criados por artistas para a NASA. Confira abaixo a lista:

1 – O menor

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

Kepler-10b é o menor exoplaneta já registrado, sendo que sua existência foi anunciada em janeiro de 2011. Este é um mundo rochoso, apenas 1,4 vezes maior do que a Terra, que orbita uma estrela fora de nosso sistema solar.

2 – Gasoso

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

O KOI-314C tem a mesma massa que a Terra, mas é 60% maior no diâmetro, o que significa que ele deve ter uma atmosfera muito espessa e gasosa. Ele orbita uma estrela-anã vermelha a cerca de 200 anos-luz da Terra.

3 – O segundo menor

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

O Gliese581e mantinha o título de menor planeta alienígena até o Kepler-10b ser descoberto. Este planeta fica extremamente próximo de sua estrela-mãe e completa uma órbita a cada 3,15 dias. Por isso, é provavelmente muito quente para ter alguma forma vida.

4 – O maior

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

O maior exoplaneta já descoberto é o TrES-4, que tem cerca de 1,7 vez o tamanho de Júpiter e pertence a uma pequena subclasse dos chamados planetas gasosos — que têm densidades extremamente baixas. O planeta está localizado a cerca de 1,4 mil anos-luz de distância da Terra e orbita em torno de sua estrela-mãe em três dias e meio.

5 – O mais próximo da Terra

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

O Epsilon Eridani b orbita uma estrela semelhante ao Sol e fica apenas a 10,5 anos-luz de distância da Terra. É tão perto de nós que os telescópios poderão, em breve, serem capazes de fotografá-lo.

6 – Quente como o inferno

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

O CoRoT-7b foi o primeiro planeta rochoso confirmado fora do nosso sistema solar, mas ele não se parece com um lugar particularmente agradável para se viver. Parecendo estar “preso” à sua estrela-mãe, o planeta marca infernais 2,2 mil graus Celsius. Imagina só o calorzinho?

7 – “Trissolar”

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

O planeta HD 188753 tem três sóis, sendo que a sua estrela principal é similar em massa ao nosso próprio Sol. Ele é também muito quente, já que orbita muito perto do sol principal, completando uma órbita a cada três dias e meio.

8 – O mais frio e mais distante da Terra

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

Com uma temperatura de superfície de 220 graus Celsius negativos, o planeta extra-solar conhecido como OGLE-2005-BLG-390L b é provavelmente o mais frio já descoberto fora do sistema solar. Ele tem cerca de 5,5 vezes a massa da Terra e os cientistas supõem que ele seja rochoso. Ele orbita uma estrela anã vermelha a 28 mil anos-luz de distância daqui, tornando-o também o exoplaneta mais distante conhecido atualmente.

9 – Mais um quente

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

Assim como o CoRoT-7b, do item 6, o planeta chamado WASP-12b é também um dos mais quentes já descobertos. A temperatura de lá também atinge 2,2 mil graus Celsius e o planeta orbita sua estrela a uma distância mais próxima do que qualquer outro mundo conhecido: 3,4 milhões de quilômetros. O WASP-12b é também um planeta gasoso, tendo em torno de 1,5 vez a massa de Júpiter.

10 – “Super-Terra”

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

Os astrônomos estão encontrando muitos planetas que se encaixam em uma categoria chamada de “Super-Terras”, que têm entre duas a dez vezes a massa do nosso próprio planeta. Alguns cientistas acreditam que tais mundos poderiam ser mais suscetíveis a desenvolver as condições para a vida, porque seus núcleos são quentes, tornando propícias as agitações geológicas através de vulcanismo e placas tectônicas.

11 – O mais velho

 

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

O planeta mais antigo já registrado é um mundo primitivo com 12,7 bilhões de anos, que foi formado mais de oito bilhões de anos antes da Terra e apenas dois bilhões de anos após o Big Bang. A descoberta levantou a perspectiva de que a vida começou muito mais cedo do que a maioria dos cientistas jamais imaginou.

12 – O mais jovem

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

O exoplaneta mais jovem já descoberto tem menos de um milhão de anos de idade e orbita a Coku Tau 4, uma estrela a 420 anos-luz de distância. Os astrônomos deduziram a presença do planeta a partir de um enorme buraco no disco de poeira que circunda a estrela. O buraco tem 10 vezes o tamanho da órbita da Terra em torno do Sol e, provavelmente, é causado pelo planeta abrindo espaço na poeira enquanto orbita a estrela.

13 – O mais leve

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

Chamado de HAT-P-1, o planeta mais leve já registrado tem cerca da metade da massa de Júpiter, mas é cerca de 1,76 vez maior. Ele poderia flutuar na água, se houvesse uma banheira grande o suficiente para segurá-lo.

14 – “Super-Netuno”

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

Enquanto Netuno tem um diâmetro 3,8 vezes maior que o da Terra e uma massa 17 vezes a do nosso mundo, o planeta chamado HAT-P-11b tem 4,7 vezes o tamanho da Terra e 25 vezes a massa terrestre. Este mundo recém-descoberto orbita muito perto de sua estrela, girando uma vez a cada 4,88 dias. Como resultado, ele atinge uma temperatura de quase 600 graus Celsius.

15 – Planeta-água

Fonte da imagem: Reprodução/Space.com

O planeta 1214b tem algumas semelhanças com a Terra, pois é rochoso e rico em água. Ele orbita uma estrela anã vermelha, sendo o único exoplaneta da categoria "Super-Terra" com uma atmosfera confirmada. O planeta tem cerca de três vezes o tamanho da Terra e 6,5 vezes mais massa. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.