Uso da calcinha pode levar a infecções

Uso da calcinha pode levar a infecções

Equipe MegaCurioso

Cada vez mais mulheres nas ruas estão dizendo adeus para as calcinhas. A tendência começou com as celebridades, mas parece estar se espalhando. Os motivos variam, há quem prefira deixá-las de lado para não marcar a roupa, por problemas de saúde ou mesmo por hábito. Para os especialistas, é uma boa notícia. Afinal, muitos acreditam que essa parte da lingerie pode ser prejudicial à saúde.

O maior malefício da calcinha está em impedir a ventilação do órgão genital feminino, mantendo-o aquecido. Quanto mais alta a temperatura local, maior a chance de proliferação de bactérias e fungos que dão origem a infecções e corrimento.

As lingeries de material sintético e com forros grossos são as mais prejudiciais, principalmente para aquelas que são alérgicas.

Para quem não vive sem calcinha, uma boa opção é comprar sempre as de algodão. Outro bom hábito é deixá-la de lado na hora de dormir. Por ser um momento íntimo, não há motivo para constrangimentos e a saúde agradece.

Deixar a peça de lado é ainda mais benéfico para aquelas que têm os quadris mais largos e, por isso, usam modelos mais justos. Isso porque o elástico muito apertado favorece também o aparecimento de varizes e celulites, já que impede a circulação correta do sangue na região.

Para o bem da saúde, vale experimentar novos hábitos.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.