Perdeu o emprego? Aqui estão 5 dicas para lidar bem com isso
123
Compartilhamentos

Perdeu o emprego? Aqui estão 5 dicas para lidar bem com isso

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

O primeiro trimestre de 2016 revelou números assustadores com relação ao desemprego no Brasil: são 11,089 milhões de pessoas em busca de trabalho. Se por acaso você está – ou conhece alguém que esteja – entre os muitos trabalhadores que perderam emprego recentemente, as dicas de Chris Dessi podem ser úteis.

Em um texto publicado recentemente no Business Insider, ele contou como manteve a cabeça erguida mesmo tendo perdido três empregos em apenas dois anos de intervalo. Confira a seguir as dicas que ele compartilhou conosco:

1 – Permita-se lamentar a perda

Dessi afirma o que todos nós já imaginamos: não tem como não se abalar com a notícia de uma demissão, e é normal que o desânimo tome conta. O jeito é abraçar esse desânimo por um tempinho, chorar, se deprimir e, depois, jogar toda essa energia negativa fora e abrir espaço para ter disposição e seguir em frente. “Fique um tempo sozinho, mas não muito”.  

Sofra, mas só um pouquinho

2 – Foque em coisas positivas

Ficar pensando nas coisas que não deram certo no emprego antigo não adianta. O que você pode fazer é manter sua atenção direcionada às coisas boas que você tem em termos profissionais. Melhore o currículo, estude um pouco mais, pesquise novas possibilidades de mercado, elabore novos projetos, investigue quais são as áreas que estão com oportunidades.

=)

3 – Reavalie seu desempenho profissional

Ficar remoendo o que deu errado é ruim, mas pensar na sua postura de forma mais imparcial pode ser fundamental para que você melhore como profissional e também como pessoa. De repente, se você era alguém tímido demais, comece a trabalhar suas habilidades sociais. Se você tinha problemas em entregar projetos no prazo, considere que pontualidade é um aspecto positivo e busque formas de acelerar sua produtividade ou de, no mínimo, diminuir suas distrações. Aprender com os erros é fundamental.

Você é bom!

4 – Cerque-se de pessoas que possam ajudar você

Criar uma boa rede de relações profissionais e pessoais é fundamental, independente de qual seja a sua área de atuação. Agora mesmo, por exemplo, faça um levantamento mental de quantas histórias você conhece de pessoas que já conseguiram emprego graças à indicação de alguém. Fez? Conseguiu se lembrar de algum caso? Possivelmente, sim.

O negócio aqui é conhecer pessoas da sua área de atuação, participar de eventos, palestras, cursos, oficinas, workshops, grupos de Facebook. Vale tudo, contanto que as pessoas que trabalham com a mesma coisa que você saibam que você existe, que é uma pessoa bacana e qualificada e que está procurando emprego. Sempre que uma delas souber de alguma vaga, vai se lembrar de você. É realmente assim que as coisas funcionam.

Mantenha uma boa rede

5 – Se for para guardar alguma coisa, guarde dinheiro, não rancor

Seu antigo chefe mandou você embora porque era preciso. Não adianta você ficar relembrando a cena a cada cinco minutos e pensando em como seria legal ver o cidadão que tirou seu emprego dando de cara em um poste. Deixa isso para lá. Rancor é um sentimento ruim que só nos traz pensamentos negativos. É aquela coisa que vale para tudo na vida: aceita, que dói menos. A regra é pensar menos no emprego que deu errado e mais nas oportunidades futuras: concentre-se no amanhã.

O rancor é o balão; deixe que vá

***

Você tem alguma dica para quem está procurando emprego? Na situação atual, qual estratégia você considera mais eficiente para se dar bem em meio às buscas de novas oportunidades? 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.