Híbrido de humano com chimpanzé teria sido criado nos EUA nos anos 20
283
Compartilhamentos

Híbrido de humano com chimpanzé teria sido criado nos EUA nos anos 20

Último Vídeo

Não é de hoje que circulam rumores sobre o suposto desenvolvimento de um híbrido de humanochimpanzé — e inclusive existem registros documentados de que os soviéticos e os russos chegaram a fazer tentativas de criar um desses seres no passado sem sucesso. No entanto, um respeitado cientista norte-americano voltou a tocar no assunto recentemente, reacendendo a polêmica sobre o nascimento ou não de um “humanzé”.

Criatura controversa

De acordo com Peter Dockrill, do site Science Alert, o cientista em questão é o renomado especialista em psicologia evolutiva Gordon G. Gallup Jr., que ganhou fama internacional na década de 70 graças a uma série de pesquisas relacionadas com animais e o reconhecimento de seus próprios reflexos em espelhos.

Gordon G. Gallup Jr.Gordon G. Gallup Jr. (Sunny RF)

Pois bem, segundo Gordon, quando ele ainda era estudante, um de seus professores teria confessado a ele que teria participado de experimentos durante a década de 20 nos quais um híbrido de humano e chimpanzé não só teria sido criado, como teria sobrevivido ao nascimento.

Esse pesquisador — cuja identidade não foi revelada por Gordon — teria contado que o desenvolvimento da criatura ocorreu em um laboratório na Flórida e que a coisa toda envolveu inseminar uma chimpanzé com esperma humano. A primata teria gerado o feto até o final da gestação e dado a luz um filhote (ou bebê, enfim...) que teria sido mantido vivo durante algum tempo, até que os cientistas envolvidos nos projeto começaram a se dar conta das implicações éticas do que tinham feito e sacrificaram a criatura.

Será mesmo?

De acordo com Peter, apesar de Gordon ser um pesquisador respeitado — e de ele garantir que o tal professor também era —, existem poucas razões para acreditarmos que o tal híbrido realmente foi desenvolvido e que ele nasceu com vida. Certamente é impossível provar que os experimentos não aconteceram, mas nem todas as informações reveladas pelo cientista são sólidas e, portanto, os indícios apontam para que tudo não passe de rumor mesmo.

Robert YerkesRobert Yerkes (Wikimedia Commons/Domínio Público 1)

Por um lado, segundo Gordon, os experimentos teriam sido conduzidos em um laboratório de pesquisas com primatas chamado Yerkes National Primate Research Center, ligado à Universidade e Yale, mas essa instituição só foi fundada em 1930, ou seja, anos depois de o suposto híbrido ter sido criado.

Na realidade, o laboratório já existia nos anos 20 teve outros nomes até que Robert Yerkes, um controverso especialista no comportamento de primatas — que chegou a defender a realização de pesquisas relacionadas com a eugenia, ou seja, o “melhoramento” da espécie humana —, renomeou a instituição.

Além disso, Gordon andou dando entrevistas no passado sobre o tal híbrido, mas, quando a coisa apertou para o lado dele, o pesquisador desmentiu a história, dizendo que nunca tinha afirmado que o tal experimento realmente aconteceu — e que o que ele tinha falado era que havia um boato persistente sobre o assunto. Assim, como existem contradições e furos nos relatos de Gordon, todo mundo está mais inclinado a achar que o “humanzé” nunca nasceu.

Tentativas anteriores

Os experimentos podem ou não ter sido conduzidos nos EUA, mas, conforme mencionamos no início da matéria, cientistas soviéticos e chineses chegaram a brincar com a ideia de criar um híbrido de humano com chimpanzé sim!

Ilya Ivanovich IvanovIlya Ivanovich Ivanov (Wikimedia Commons/Domínio Público 2)

Segundo Peter, nos anos 20, um biólogo soviético chamado Ilya Ivanovich Ivanov tentou inseminar uma chimpanzé com o esperma de um doador humano, mas o experimento não deu certo. Anos mais tarde, Ivanov teria tentado realizar um novo teste, dessa vez envolvendo a inseminação de humanas com o esperma de um orangotango, mas o animal acabou morrendo e a pesquisa foi engavetada.

Os chineses, por sua vez, teriam conduzido seus experimentos na década de 60, também sem sucesso, e, de lá para cá, a criação de normativas éticas acabou pondo um ponto final nessa coisa de querer misturar humanos com chimpanzés e outros primatas. De qualquer forma, temos uma anedota curiosa relacionada com a existência de supostos “humanzés”.

OliverOliver (Wikimedia Commons/WP:NFCC#4)

Um chimpanzé chamado Oliver que foi levado do Congo para os EUA levantou suspeitas de ser um híbrido por conta de seu comportamento peculiar — e bastante humano. Dizem que Oliver preferia a companhia de pessoas a de animais e costumava caminhar com postura ereta. No entanto, exames de DNA comprovaram que ele era 100% chimpanzé mesmo, acabando com as suspeitas de que o primata seria fruto de algum experimento bizarro. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.