Assustador: veja quanto as temperaturas da Terra subiram em 140 anos
148
Compartilhamentos

Assustador: veja quanto as temperaturas da Terra subiram em 140 anos

Último Vídeo

Muita gente contesta que o aquecimento global é uma realidade e discorda do que incontáveis estudos por aí vêm apontando há décadas. No entanto, está se tornando cada vez mais difícil negar que as temperaturas globais estão subindo — e que já estamos enfrentando consequências resultantes desse incremento.

Aliás, para aqueles que duvidam que o nosso mundo está se tornando gradualmente mais quente, a NASAdivulgou uma breve animação — de pouco mais de 30 segundos — que mostra o quanto as temperaturas da Terra subiram nos últimos 140 anos. De acordo com Signe Dean, do site Science Alert, para criar o time lapse, a agência espacial usou informações de 1880, ano quando as temperaturas globais começaram a ser devidamente registradas, até o ano de 2017, que foi o segundo ano mais quente da História. Veja a seguir:

Alarmante

Como você acabou de ver no vídeo acima, do final do século 19 — quando as temperaturas começaram a ser registradas cientificamente — até meados do 20, mais ou menos, vemos que ocorreram flutuações, com as cores no mapa oscilando entre azul e laranja-vermelho, de forma constante. Mas, então, por volta da década de 80, as tonalidades vão se tornando predominantemente amarelas, laranjas e vermelhas, com um pico visível ocorrendo nos últimos cinco anos.

A NASA, além de se basear nas séries históricas, também usou dados coletados por uma abrangente e vasta rede de estações meteorológicas, navios, boias e estações de pesquisa espalhadas por todo o planeta, incluindo os polos. E como você deve ter notado na animação, os últimos cinco anos — isto é, de 2013 a 2017 — consistem no período mais quente de que se tem registro. Alarmante, você não acha?

Se você tem interesse por questões relacionadas com o aquecimento global, confira as matérias que selecionamos para você:

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.