Ciência diz que usar óculos realmente significa que você é mais inteligente
432
Compartilhamentos

Ciência diz que usar óculos realmente significa que você é mais inteligente

Último Vídeo

Quando alguém precisa passar a imagem de intelectual, confiável ou inteligente, colocar óculos é a primeira estratégia. A fim de comprovar se isso se verifica na realidade ou é apenas representação da cultura popular, cientistas da Universidade de Edimburgo fizeram uma pesquisa. O resultado: pessoas inteligentes têm 30% mais chance de enxergar mal e, portanto, de precisar desse acessório.

Eles analisaram mais de 300 mil pessoas entre 16 e 102 anos a partir de um banco de dados britânico e perceberam conexões que não haviam sido feitas até então, envolvendo diferentes questões biológicas.

A proposta da pesquisa era avaliar se atributos como visão, pressão alta e expectativa de vida impactavam o nível intelectual. Foram identificados, então, 148 pontos no mapa genético associados a habilidades cognitivas — e a visão era realmente um deles.

Além de uma visão menos privilegiada, níveis intelectuais mais elevados são menos conectados a depressão, câncer de pulmão e angina; ou seja, mais saudáveis em alguns aspectos.

Liderada pelo estatístico genético Gail Davies, a pesquisa pode ajudar a dar base para futuras pesquisas mais conclusivas  afinal, essa conexão é bastante circunstancial e não representa uma ligação direta entre os aspectos observados.

"Este estudo, o maior estudo genético da função cognitiva, identificou muitas diferenças genéticas que contribuem para a hereditariedade das habilidades cognitivas. A descoberta de efeitos genéticos compartilhados sobre os resultados de saúde e estrutura cerebral fornece uma base para explorar os mecanismos pelos quais essas diferenças influenciam as habilidades cognitivas ao longo da vida", explicou o cientista.

Agora, o grupo vai analisar mais detalhadamente as informações obtidas na pesquisa para tentar evidenciar o que os dados podem significar em termos de herança genética. Com mais de 200 cientistas envolvidos na pesquisa e o maior banco de dados já reunido para uma pesquisa do gênero, eles acreditam que as possibilidades são infinitas.

Por isso, antes de sair por aí se gabando para os seus amigos de que você é comprovadamente mais inteligente, lembre-se que as evidências não são 100% conclusivas e que as definições do que é ser inteligente são ainda menos concretas!

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.