Um jovem de 14 anos criou seu próprio reator de fusão nuclear
622
Compartilhamentos

Um jovem de 14 anos criou seu próprio reator de fusão nuclear

Último Vídeo

Enquanto a maioria dos adolescentes está jogando videogames e se preparando para o vestibular, um garoto de 14 anos chamado Jackson Oswalt resolveu levar a ciência ao extremo, se tornando uma das pessoas mais jovens a criar seu próprio reator de fusão nuclear.

O anúncio da façanha foi anunciado e relatado em detalhes pelo próprio garoto no começo de fevereiro em um post ao site Fusor.net, com direito a fotos mostrando em detalhes sua engenhoca. Seu reator utilizou como base o deutério, um tipo de hidrogênio que contém um próton e um nêutron em seu núcleo; como resultado, Oswalt teria alcançado fusão nos dias 19, 30 e 31 de janeiro.

Não deve ser surpresa para ninguém descobrir que fazer algo assim não foi nada fácil – ou barato. Para tal, Oswalt investiu um valor entre 8 e 10 mil dólares; o projeto em si, por sua vez, levou aproximadamente um ano e meio para ser terminado, tendo início quando o pequeno cientista ainda tinha 12 anos. Segundo a Fox News, o recorde anterior pertencia a Taylor Wilson, que também alcançou a fusão nuclear aos 14 anos em 2008.

Antes que você pense naquelas cenas de filmes de desastres radioativos, é bom frisar que o tal reator utiliza o método de fusão, e não de fissão nuclear. Enquanto o segundo utiliza materiais como urânio para produzir energia, o primeiro transforma átomos de hidrogênio em plasma e depois os colide com outros átomos, em um processo idêntico ao que ocorre nas estrelas.

Com isso resta, claro, torcer que alguém como Oswalt descubra a resposta para o verdadeiro dilema desse tipo de reator: gerar mais energia do que custa para fazer o mecanismo funcionar.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.