Mais de 2 mil fetos mortos são encontrados em casa nos EUA

Mais de 2 mil fetos mortos são encontrados em casa nos EUA

Último Vídeo

A morte do médico Ulrich Klopfer, famoso por realizar abortos ao longo da sua carreira de 43 anos, no início do mês de setembro culminou com a descoberta de 2.246 fetos mortos em sua residência. A estimativa é de que ele tenha interrompido mais de 10 mil gestações o que, de acordo com o jornal britânico Daily Mail, seria o maior registro de abortos feitos por um médico no mundo.

Os fetos foram encontrados na casa do médico em Will County, no estado de Illinois. Eles foram encontrados pelo advogado da família, que visitou a propriedade depois de sua morte. Ele afirmou que “os restos fetais estão medicamente preservados”. Segundo um comunicado do departamento investigativo da cidade, a polícia foi acionada e iniciou a investigação.

Foto: South Bend Tribune 

Ainda de acordo com o comunicado, a família do médico está colaborando com a investigação e não há, até o momento, qualquer evidência de que algum procedimento médico tenha sido realizado na propriedade. A polícia não informou como os fetos mortos foram preservados até agora.

A licença médica de Klopfer foi suspensa pelo estado de Indiana ainda em 2016, após constatação de irregularidades no exercício da profissão. Entre elas está a não comunicação de um aborto realizado em uma menina de 13 anos. O médico, que morreu no dia 3 de setembro, gabava-se de “nunca ter perdido uma paciente”.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.