Seja o primeiro a compartilhar

Nobel de Medicina 2019 premia importantes estudos sobre oxigênio

Todos os animais, aí incluídos os seres humanos, necessitam do oxigênio para converter os alimentos em energia útil. A importância desse elemento vital para todos os seres vivos já é conhecida há séculos. O que não se sabia, até agora, era de que forma as células se adaptam às alterações dos níveis de oxigênio em ambientes distintos.

As descobertas dos premiados William G. Kaelin Jr., Sir Peter J. Ratcliffe e Gregg L. Semenza revelaram o funcionamento do mecanismo que regula a atividades dos genes em resposta a variações dos níveis de oxigênio.

Quando algum time de futebol do Brasil disputa um jogo em uma cidade de grande altitude (como na Bolívia ou no Peru), os jogadores têm mais dificuldade para respirar e redução na energia vital. Isso ocorre porque a redução do oxigênio atmosférico demanda do organismo mais glóbulos vermelhos para transportar mais oxigênio para o corpo. 

As descobertas

A debilidade pela falta de oxigênio cessa depois de certo tempo, pois o corpo se adapta. O americano Semenza descobriu justamente quais proteínas induzem os genes a produzir mais hemácias (o que ele chamou de HIF, em portugês fator induzível por hipóxia, ou redução do oxigênio). 

O inglês Ratcliffe estudou a relação entre esses genes e a quantidade de oxigênio existente no ambiente, e Kaelin Jr., que relacionava a presença desses mesmos genes mutantes com o aumento da vulnerabilidade a certo tipos de câncer (doença von Hippel-Lindau - VHL), descobriu que o comportamento desses segmentos estava diretamente ligado à resposta celular à falta de oxigênio. 

Foi só quando os estudos dos três médicos se juntaram que que eles perceberam como os níveis de oxigênio regulavam a interação entre o VHL e o HIF.

Aplicações na medicina e fisiologia

A descoberta da forma pela qual diferentes níveis de oxigênio afetam os processos fisiológicos em nossos corpos traz imensos benefícios, não apenas para a medicina curativa mas também para a fisiologia, desde a recuperação de lesões e proteção contra doenças, até na melhoria do desempenho em exercícios físicos e prática do esporte. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.